domingo, 31 de maio de 2009

Jo 20,19-23 – Solenidade de Pentecostes

Preparo-me para a Leitura orante, invocando o Espírito Santo:
Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 20,19-23, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Naquele mesmo domingo, à tarde, os discípulos de Jesus estavam reunidos de portas trancadas, com medo dos líderes judeus. Então Jesus chegou, ficou no meio deles e disse:
- Que a paz esteja com vocês!
Em seguida lhes mostrou as suas mãos e o seu lado. E eles ficaram muito alegres ao verem o Senhor. Então Jesus disse de novo:
- Que a paz esteja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu também envio vocês.
Depois, soprou sobre eles e disse:
- Recebam o Espírito Santo. Se vocês perdoarem os pecados de alguém, esses pecados são perdoados; mas, se não perdoarem, eles não são perdoados.

As portas estavam trancadas.Ou seja, os discípulos ainda estavam tomados pelo medo. Jesus entra e "fica no meio deles". Por duas vezes lhes oferece a paz: "A paz esteja com vocês!" Com a paz lhes dá alegria e com os dons do Espírito, a missão!

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Jesus oferece a paz aos discípulos. E com a paz, oferece-lhes o Espírito Santo.
“A paz é, em primeiro lugar dom de Deus, e a sua força está na oração. É dom confiado, porém, ao compromisso humano. Também a energia necessária para ajudá-lo pode ser obtida por meio da oração. É, portanto, fundamental cultivar uma autêntica vida de oração para assegurar o progresso social na paz... Somente aprendendo, com a graça de Cristo, a combater e vencer o mal dentro de si e nas relações com os outros, se torna autênticos construtores de paz e de progresso civil”. (Bento XVI).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, com o papa Paulo VI:
Oração ao Espírito Santo
Ó Espírito Santo,

dai-me um coração grande, aberto à vossa silenciosa
E forte palavra inspiradora,
Fechado a todas as ambições mesquinhas,
Alheio a qualquer desprezível competição humana,
Compenetrado do sentido da santa Igreja!
Um coração grande,
Desejoso de tornar-se semelhante
Ao Coração do Senhor Jesus!
Um coração grande e forte
Para amar todos,
Para servir a todos,
Para sofrer por todos!
Um coração grande e forte
Para superar todas as provações,
Todo tédio, todo cansaço,
Toda desilusão, toda ofensa!
Um coração grande e forte,
Constante até o sacrifício,
Quando for necessário!
Um coração cuja felicidade
É palpitar com o Coração de Cristo
E cumprir humilde, fiel e virilmente
A vontade do Pai. Amém
Papa Paulo VI

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar, iluminado pela luz do Espírito Santo,
Leva-me a pensar e desejar com os bispos da América Latina:
O Espírito Santo, com o qual o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus-Caminho, abrindo-nos a seu mistério de salvação para que sejamos seus filhos e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade, ensinando-nos a renunciar a nossas mentiras e ambições pessoais, e nos identifica com Jesus-Vida, permitindo-nos abraçar seu plano de amor e nos entregar para que outros “tenham vida n’Ele”.” (DA 137).

sábado, 30 de maio de 2009

Jo 21,20-25 - O modelo dos seguidores de Cristo

Preparo-me para a Leitura Orante, recordando o que disse, nestes dias, Bento XVI: "A oração é o caminho silencioso que nos conduz diretamente ao coração de Deus; é o respiro da alma que nos doa paz nas tempestades da vida".

Assim invoco o Espírito:

Espírito de verdade, a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.

Que eu conheça Jesus Mestre compreenda o seu Evangelho.

1. Leitura (Verdade)

O que diz o texto do dia? Leio atentamente o texto: Jo 21,20-25, e observo pessoas, palavras, relações.

Jesus respondeu:

- Se eu quiser que ele viva até que eu volte, o que é que você tem com isso? Venha comigo!

se espalhou entre os seguidores de Jesus a notícia de que aquele discípulo não ia morrer. Mas Jesus não disse isso. Ele apenas disse: "Se eu quiser que ele viva até que eu volte, o que é que você tem com isso?" Este é o discípulo que falou destas coisas e as escreveu. E nós sabemos que o que ele disse é verdade. Ainda há muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem escritas, uma por uma, acho que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos.

2. Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim, hoje?

Posso me comparar a João?

Amo a Jesus e levo outras pessoas por este mesmo caminho?

Neste texto, que é o final do Evangelho de João, é recordado o discípulo amado - João - como modelo dos seguidores de Jesus. O discípulo amado é aquele que também ama e, por amar, conduz as pessoas a Jesus.

Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus?

Rezo, espontaneamente, e concluo com a Oração da Unidade: Senhor, Faze-nos perceber as discriminações e exclusões que marcam a sociedade. Conduze nosso olhar e ajuda-nos a reconhecer os nossos preconceitos. Ensina-nos a expulsar todo desprezo de nosso coração, para que apreciemos a alegria de viver na unidade. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual meu novo olhar a partir da Palavra? Meu novo olhar é aquele sugerido pelos Bispos da América Latina:

"O compromisso missionário de toda a comunidade. Ela sai ao encontro dos afastados, interessa-se por sua situação, a fim de reencantá-los com a Igreja e convidá-los a novamente se envolverem com ela." (DA, 226,d).

CELEBRAÇÃO ECUMÊNICA

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2009

"Unidos na tua mão." (Ezequiel 37,17)

Canto de Abertura

Momento Novo 1-Deus chama a gente pra um momento novo de caminhar junto com seu povo. É hora de transformar o que não dá mais,Sozinho, isolado, ninguém é capaz.
Por isso vem, entra na roda com a gente, também! Você é muito importante! (bis) Vem...

Acolhida

(dinâmica de apresentação dos participantes. Os participantes podem apresentar sua igreja ou comunidade).

Introdução

O lema da Semana de oração deste ano - "Unidos na tua mão" - é inspirado no livro do profeta Ezequiel. O profeta vive num contexto de desunião do povo de Deus. Israel estava dividido entre reino do sul e reino do norte. Mas, Deus quer que seu povo esteja unido. Essa é a mensagem do profeta. Unidade não significa o fim da diversidade. Nós sabemos muito bem o quanto é importante afirmar nossa identidade.Cada jeito de ser é um jeito de participar e de contribuir para um mundo melhor, onde a vida possa ser boa como Deus deseja. O que Deus deseja está na sua Palavra que vamos ouvir.

Canto

A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)

Leitura de Ezequiel, capítulo 37, versículos 15 a 28
- Serão um, em tuas mãos Veio-me uma palavra do Senhor: "Tu, filho de homem, toma um pedaço de madeira e escreve nele: Judá e os filhos de Israel que lhe estão associados. Depois toma outro pedaço de madeira e escreve nele: José - esta será a madeira de Efraim - e toda a casa de Israel que lhe está associada. Aproxima estes pedaços um contra o outro para formarem um só; estarão unidos em tua mão. Quando a gente do teu povo te disser: 'Não queres explicar-nos o que fazes?' lhe dirás: Assim fala o Senhor Deus: Vou tomar o pedaço de madeira de José - que está na mão de Efraim - e das tribos de Israel que lhe estão associadas; eu os encostarei neles, no pedaço de madeira de Judá: farei deles um só pedaço e eles estarão na minha mão. E os pedaços de madeira sobre os quais tiveres escrito estarão na tua mão, à vista deles. Dize-lhes: Assim fala o Senhor Deus: Vou tirar os filhos de Israel do meio das nações para onde foram, vou reuni-los de todas as partes e os levarei para seu solo. Farei deles uma nação única, na Terra, nas montanhas de Israel: um rei único será o rei de todos eles; não formarão mais duas nações e não estarão mais divididos em dois reinos. Não se macularão mais com seus ídolos e seus horrores, nem por todas as suas transgressões; eu os livrarei de todos os lugares onde habitam, os lugares onde pecaram. Eu os purificarei, serão para mim um povo e eu serei Deus para eles. Meu servo David reinará sobre eles, pastor único para todos eles; caminharão segundo meus costumes, guardarão minhas leis e as observarão. Habitarão a terra que dei a meu servo Jacó, a terra onde vossos pais a habitaram; ali habitarão eles, seus filhos e os filhos de seus filhos, para sempre; meu servo David será seu príncipe para sempre. Firmarei com eles uma aliança de paz, será uma aliança perene com eles. Eu o estabelecerei, multiplicá-los-ei. Estabelecerei meu santuário no meio deles para sempre. Minha morada estará junto deles; serei para eles Deus, e eles serão para mim um povo. Então as nações conhecerão que eu sou o Senhor que consagro Israel, quando estabelecer meu santuário no meio deles, para sempre.


Comentário
Em 2009, os cristãos do mundo inteiro rezam pela unidade "para que estejam unidos em tua mão" (cf. Ez 37,17). Ezequiel - cujo nome significa "Deus o faz forte" - foi chamado para restituir esperança a seu povo, numa situação política e religiosa desesperada que perdurou depois da queda e ocupação de Israel, com o exílio de grande parte de seu povo. Nesta profecia vê-se uma prefiguração da vida nova em Cristo. Unindo os dois pedaços no madeiro da cruz, Jesus nos reconcilia com Deus e humanidade se enche de uma nova esperança! Apesar dos nossos pecados, da violência e das guerras; apesar da desigualdade entre ricos e pobres; apesar de nosso desrespeito à Criação; apesar das doenças, sofrimentos e discriminações; apesar da nossa desunião e das nossas divisões, Jesus Cristo - com os braços abertos na cruz - abraça toda a criação e nos dá o shalom de Deus. Elevado na cruz ele nos atrai para si e nos faz "um" em suas mãos. ( pausa para reflexão em silêncio).


Intercessão
Unimo-nos à oração de Jesus para nossa unidade, pedindo por nossa unidade em Deus. Sem esta unidade, será difícil para nós construir um reino de paz com todos os homens e mulheres de boa vontade. Pai Nosso...

Bênção final
Deus, que conhece nossas alegrias, sofrimentos e esperanças, nos guie hoje e sempre.
Que vivamos na fé e numa vida digna e santa, conforme o Evangelho. Amém.
Que o Senhor vos abençoe e vos guarde.
Que o Senhor faça resplandecer sua face sobre vós, e vos seja favorável.
Que o Senhor volte para vós a sua face e vos dê a paz. Amém.











sexta-feira, 29 de maio de 2009

Jo 21,20-25 - O discípulo amado

Preparo-me para a Leitura Orante recordando o que disse, nestes dias, Bento XVI: “A oração é o caminho silencioso que nos conduz diretamente ao coração de Deus; é o respiro da alma que nos doa paz nas tempestades da vida”. Assim invoco o Espírito:
Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.
1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 21,20-25,
e observo pessoas, palavras, relações.
Então Pedro virou para trás e viu que o discípulo que Jesus amava vinha atrás dele. Este era o mesmo que estava ao lado de Jesus durante o jantar da Páscoa e que havia chegado para mais perto dele e perguntado: "Senhor, quem é o traidor?" Quando Pedro viu aquele discípulo, perguntou a Jesus:
- O que diz, Senhor, a respeito deste aqui?
Jesus respondeu:
- Se eu quiser que ele viva até que eu volte, o que é que você tem com isso? Venha comigo!
Então se espalhou entre os seguidores de Jesus a notícia de que aquele discípulo não ia morrer. Mas Jesus não disse isso. Ele apenas disse: "Se eu quiser que ele viva até que eu volte, o que é que você tem com isso?" Este é o discípulo que falou destas coisas e as escreveu. E nós sabemos que o que ele disse é verdade. Ainda há muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem escritas, uma por uma, acho que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos.
Neste texto que é o final do Evangelho de João, é recordado o discípulo amado – João – como modelo dos seguidores de Jesus. O discípulo amado é aquele que também ama e, por amar, conduz as pessoas a Jesus.
2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Posso me comparar a João?

Amo a Jesus e levo outras pessoas

por este mesmo caminho?

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com a Oração da Unidade:
Senhor, Faze-nos perceber as discriminações e exclusões que marcam a sociedade. Conduze nosso olhar e ajuda-nos a reconhecer os nossos preconceitos. Ensina-nos a expulsar todo desprezo de nosso coração, para que apreciemos a alegria de viver na unidade. Amém.
4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é aquele sugerido pelos Bispos da América latina: “O compromisso missionário de toda a comunidade. Ela sai ao encontro dos afastados, interessa-se por sua situação, a fim de reencantá-los com a Igreja e convidá-los a novamente se envolverem com ela.” (DA, 226,d).

CELEBRAÇÃO ECUMÊNICA
Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2009 "Unidos na tua mão." (Ezequiel 37.17)

Canto de Abertura
Momento Novo
Deus chama a gente pra um momento novo de caminhar junto com seu povo. É hora de transformar o que não dá mais,Sozinho, isolado, ninguém é capaz. Por isso vem, entra na roda com a gente, também! Você é muito importante! (bis) Vem...
Acolhida: (dinâmica de apresentação dos participantes. Os participantes podem apresentar sua igreja ou comunidade).
Introdução
O lema da Semana de oração deste ano - "Unidos na tua mão" - é inspirado no livro do profeta Ezequiel. O profeta vive num contexto de desunião do povo de Deus. Israel estava dividido entre reino do sul e reino do norte. Mas, Deus quer que seu povo esteja unido. Essa é a mensagem do profeta. Unidade não significa o fim da diversidade. Nós sabemos muito bem o quanto é importante afirmar nossa identidade.Cada jeito de ser é um jeito de participar e de contribuir para um mundo melhor, onde a vida possa ser boa como Deus deseja. O que Deus deseja está na sua Palavra que vamos ouvir.
Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
Leitura
Ezequiel, capítulo 37, versículos 15 a 28 - Serão um, em tuas mãos Veio-me uma palavra do Senhor: "Tu, filho de homem, toma um pedaço de madeira e escreve nele: Judá e os filhos de Israel que lhe estão associados. Depois toma outro pedaço de madeira e escreve nele: José - esta será a madeira de Efraim - e toda a casa de Israel que lhe está associada. Aproxima estes pedaços um contra o outro para formarem um só; estarão unidos em tua mão. Quando a gente do teu povo te disser: 'Não queres explicar-nos o que fazes?' lhe dirás: Assim fala o Senhor Deus: Vou tomar o pedaço de madeira de José - que está na mão de Efraim - e das tribos de Israel que lhe estão associadas; eu os encostarei neles, no pedaço de madeira de Judá: farei deles um só pedaço e eles estarão na minha mão. E os pedaços de madeira sobre os quais tiveres escrito estarão na tua mão, à vista deles. Dize-lhes: Assim fala o Senhor Deus: Vou tirar os filhos de Israel do meio das nações para onde foram, vou reuni-los de todas as partes e os levarei para seu solo. Farei deles uma nação única, na Terra, nas montanhas de Israel: um rei único será o rei de todos eles; não formarão mais duas nações e não estarão mais divididos em dois reinos. Não se macularão mais com seus ídolos e seus horrores, nem por todas as suas transgressões; eu os livrarei de todos os lugares onde habitam, os lugares onde pecaram. Eu os purificarei, serão para mim um povo e eu serei Deus para eles. Meu servo David reinará sobre eles, pastor único para todos eles; caminharão segundo meus costumes, guardarão minhas leis e as observarão. Habitarão a terra que dei a meu servo Jacó, a terra onde vossos pais a habitaram; ali habitarão eles, seus filhos e os filhos de seus filhos, para sempre; meu servo David será seu príncipe para sempre. Firmarei com eles uma aliança de paz, será uma aliança perene com eles. Eu o estabelecerei, multiplicá-los-ei. Estabelecerei meu santuário no meio deles para sempre. Minha morada estará junto deles; serei para eles Deus, e eles serão para mim um povo. Então as nações conhecerão que eu sou o Senhor que consagro Israel, quando estabelecer meu santuário no meio deles, para sempre.
Comentário
Em 2009, os cristãos do mundo inteiro rezam pela unidade "para que estejam unidos em tua mão" (cf. Ez 37,17). Ezequiel - cujo nome significa "Deus o faz forte" - foi chamado para restituir esperança a seu povo, numa situação política e religiosa desesperada que perdurou depois da queda e ocupação de Israel, com o exílio de grande parte de seu povo. Nesta profecia vê-se uma prefiguração da vida nova em Cristo. Unindo os dois pedaços no madeiro da cruz, Jesus nos reconcilia com Deus e humanidade se enche de uma nova esperança! Apesar dos nossos pecados, da violência e das guerras; apesar da desigualdade entre ricos e pobres; apesar de nosso desrespeito à Criação; apesar das doenças, sofrimentos e discriminações; apesar da nossa desunião e das nossas divisões, Jesus Cristo - com os braços abertos na cruz - abraça toda a criação e nos dá o shalom de Deus. Elevado na cruz ele nos atrai para si e nos faz "um" em suas mãos. ( pausa para reflexão em silêncio).
Intercessão
Unimo-nos à oração de Jesus para nossa unidade, pedindo por nossa unidade em Deus. Sem esta unidade, será difícil para nós construir um reino de paz com todos os homens e mulheres de boa vontade. Pai Nosso...
Bênção final
Deus, que conhece nossas alegrias, sofrimentos e esperanças, nos guie hoje e sempre. Que vivamos na fé e numa vida digna e santa, conforme o Evangelho. Amém. Que o Senhor vos abençoe e vos guarde. Que o Senhor faça resplandecer sua face sobre vós, e vos seja favorável. Que o Senhor volte para vós a sua face e vos dê a paz. Amém.

Saiba mais: http://www.conic.org.br/index.php?system=news&news_id=841&action=read

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Jo 17,20-26 – Para que todos sejam um e conheçam o Pai

7a Semana da Páscoa
Preparo-me para a Leitura Orante, invocando o Espírito Santo nas proximidades de Pentecostes:
Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 17,20-26, e observo as palavras de Jesus na sua oração ao Pai.
Jesus continuou:
— Não peço somente por eles, mas também em favor das pessoas que vão crer em mim por meio da mensagem deles. E peço que todos sejam um. E assim como tu, meu Pai, estás unido comigo, e eu estou unido contigo, que todos os que crerem também estejam unidos a nós para que o mundo creia que tu me enviaste. A natureza divina que tu me deste eu reparti com eles a fim de que possam ser um, assim como tu e eu somos um. Eu estou unido com eles, e tu estás unido comigo, para que eles sejam completamente unidos, a fim de que o mundo saiba que me enviaste e que amas os meus seguidores como também me amas.
— Pai, quero que, onde eu estiver, aqueles que me deste estejam comigo a fim de que vejam a minha natureza divina, que tu me deste; pois me amaste antes da criação do mundo. Pai justo, o mundo não te conhece, mas eu te conheço; e aqueles que me deste sabem que tu me enviaste. Eu fiz com que eles te conheçam e continuarei a fazer isso para que o amor que tens por mim esteja neles e para que eu também esteja unido com eles.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Aprendo de Jesus Mestre a orar ao Pai e faço minhas as suas intenções: pelos que vão crer e para que todos sejam um e conheçam o Pai. Como resposta generosa à oração do Senhor “para que todos sejam um” (Jo 17,21), os Papas nos tem incentivado a avançar pacientemente no caminho da unidade(..) Bento XVI abriu seu pontificado dizendo: “Não bastam as manifestações de bons sentimentos. Fazem falta gestos concretos que penetrem nos espíritos e sacudam as consciências, impulsionando cada um à conversão interior, que é o fundamento de todo progresso no caminho do ecumenismo”(DA 234).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com a Oração da Unidade:
Senhor,
Faze-nos perceber as discriminações e exclusões que marcam a sociedade.
Conduze nosso olhar e ajuda-nos a reconhecer os nossos preconceitos.
Ensina-nos a expulsar todo desprezo de nosso coração, para que apreciemos a alegria de viver na unidade. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Com Bento XVI também eu penso que não bastam as manifestações de bons sentimentos. Fazem falta gestos concretos que penetrem nos espíritos e sacudam as consciências, impulsionando cada um à conversão interior, que é o fundamento de todo progresso no caminho do ecumenismo”(DA 234).
Neste sentido vou convidar alguém para que reze comigo a Celebração que segue.


CELEBRAÇÃO
PARA SER FEITA EM GRUPO OU COMUNIDADE
Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2009

"Unidos na tua mão." (Ezequiel 37,17)

Canto de Abertura

Momento Novo Deus chama a gente pra um momento novo de caminhar junto com seu povo. É hora de transformar o que não dá mais,Sozinho, isolado, ninguém é capaz. Por isso vem, entra na roda com a gente, também! Você é muito importante! (bis) Vem...

Acolhida (Apresentação dos participantes. Podem apresentar sua igreja ou comunidade).

Introdução

O lema da Semana de oração deste ano - "Unidos na tua mão" - é inspirado no livro do profeta Ezequiel. O profeta vive num contexto de desunião do povo de Deus. Israel estava dividido entre reino do sul e reino do norte. Mas, Deus quer que seu povo esteja unido. Essa é a mensagem do profeta. Unidade não significa o fim da diversidade. Nós sabemos muito bem o quanto é importante afirmar nossa identidade.Cada jeito de ser é um jeito de participar e de contribuir para um mundo melhor, onde a vida possa ser boa como Deus deseja. O que Deus deseja está na sua Palavra que vamos ouvir.

Canto - A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)

Leitura Ezequiel, capítulo 37, versículos 15 a 28 - Serão um, em tuas mãos

Veio-me uma palavra do Senhor: "Tu, filho de homem, toma um pedaço de madeira e escreve nele: Judá e os filhos de Israel que lhe estão associados. Depois toma outro pedaço de madeira e escreve nele: José - esta será a madeira de Efraim - e toda a casa de Israel que lhe está associada. Aproxima estes pedaços um contra o outro para formarem um só; estarão unidos em tua mão. Quando a gente do teu povo te disser: 'Não queres explicar-nos o que fazes?' lhe dirás: Assim fala o Senhor Deus: Vou tomar o pedaço de madeira de José - que está na mão de Efraim - e das tribos de Israel que lhe estão associadas; eu os encostarei neles, no pedaço de madeira de Judá: farei deles um só pedaço e eles estarão na minha mão. E os pedaços de madeira sobre os quais tiveres escrito estarão na tua mão, à vista deles. Dize-lhes: Assim fala o Senhor Deus: Vou tirar os filhos de Israel do meio das nações para onde foram, vou reuni-los de todas as partes e os levarei para seu solo. Farei deles uma nação única, na Terra, nas montanhas de Israel: um rei único será o rei de todos eles; não formarão mais duas nações e não estarão mais divididos em dois reinos. Não se macularão mais com seus ídolos e seus horrores, nem por todas as suas transgressões; eu os livrarei de todos os lugares onde habitam, os lugares onde pecaram. Eu os purificarei, serão para mim um povo e eu serei Deus para eles.

Comentário

Em 2009, os cristãos do mundo inteiro rezam pela unidade "para que estejam unidos em tua mão" (cf. Ez 37,17). Ezequiel - cujo nome significa "Deus o faz forte" - foi chamado para restituir esperança a seu povo, numa situação política e religiosa desesperada que perdurou depois da queda e ocupação de Israel, com o exílio de grande parte de seu povo. Nesta profecia vê-se uma prefiguração da vida nova em Cristo. Unindo os dois pedaços no madeiro da cruz, Jesus nos reconcilia com Deus e humanidade se enche de uma nova esperança! Apesar dos nossos pecados, da violência e das guerras; apesar da desigualdade entre ricos e pobres; apesar de nosso desrespeito à Criação; apesar das doenças, sofrimentos e discriminações; apesar da nossa desunião e das nossas divisões, Jesus Cristo - com os braços abertos na cruz - abraça toda a criação e nos dá o shalom de Deus. Elevado na cruz ele nos atrai para si e nos faz "um" em suas mãos. ( pausa para reflexão em silêncio).


Intercessão

Unimo-nos à oração de Jesus para nossa unidade, para que cessem os preconceitos e discriminações na sociedade, cientes de que a dignidade humana vem de Deus, Pai de todos. A unidade como cristãos reflete, qual sinal, a unidade de todos os seres humanos, amados e criados por Deus como pessoas únicas na sua variedade. Nós cristãos somos chamados a construir o Reino da justiça e do amor, no qual as diferenças sejam respeitadas, pois somos um em Cristo.
Pai Nosso...


Bênção final

Deus, que conhece nossas alegrias, sofrimentos e esperanças, nos guie hoje e sempre. Nele somos encorajados a viver na fé e conduzir uma vida digna e santa, conforme o Evangelho. Amém.

o Senhor vos abençoe e vos guarde. Que o Senhor faça resplandecer sua face sobre vós, e vos seja favorável. Que o Senhor volte para vós a sua face e vos dê a paz. Amém.


Saiba mais: http://www.conic.org.br/index.php?system=news&news_id=841&action=read


Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Jo 17,11b-19- Jesus reza para que sejam um

7a Semana da Páscoa


Preparo-me para a Leitura Orante, invocando o Espírito Santo nesta preparação de Pentecostes:
Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.


1. Leitura (Verdade)

O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 17,11b-19, e observo as palavras de Jesus na sua oração ao Pai.
Pai santo, pelo poder do teu nome, o nome que me deste, guarda-os para que sejam um, assim como tu e eu somos um.Quando estava com eles no mundo, eu os guardava pelo poder do teu nome, o mesmo nome que me deste. Tomei conta deles; e nenhum se perdeu, a não ser aquele que já ia se perder para que se cumprisse o que as Escrituras Sagradas dizem. E agora estou indo para perto de ti. Mas digo isso enquanto estou no mundo para que o coração deles fique cheio da minha alegria. Eu lhes dei a tua mensagem, mas o mundo ficou com ódio deles porque eles não são do mundo, como eu também não sou. Não peço que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno. Assim como eu não sou do mundo, eles também não são. Que eles sejam teus por meio da verdade; a tua mensagem é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, eu também os enviei. Em favor deles eu me entrego completamente a ti. Faço isso para que, de fato, eles também sejam completamente teus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Aprendo de Jesus Mestre a
orar ao Pai e faço minhas as suas intenções:
rezo para que todos sejam um.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com a Oração da Unidade:
Senhor,
Faze-nos perceber as discriminações e exclusões que marcam a sociedade.
Conduze nosso olhar e ajuda-nos a reconhecer os nossos preconceitos.
Ensina-nos a expulsar todo desprezo de nosso coração, para que apreciemos a alegria de viver na unidade. Amém.


4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?

Com os bispos reconheço:

“Faz mais de quarenta anos que o Concílio vaticano II reconheceu a ação do Espírito Santo no movimento pela unidade dos cristãos. Desde então, temos colhido muitos frutos. Neste campo, necessitamos de mais agentes de diálogo e melhor qualificados.”( DA, 231).
Meu novo olhar é em direção da unidade dos cristãos. Vou propor a um grupo que reze comigo a Celebração que segue.


CELEBRAÇÃO

PARA SER FEITA EM GRUPO OU COMUNIDADE

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2009
"Unidos na tua mão." (Ezequiel 37,17)

Canto de Abertura
Momento Novo Deus chama a gente pra um momento novo de caminhar junto com seu povo. É hora de transformar o que não dá mais,Sozinho, isolado, ninguém é capaz. Por isso vem, entra na roda com a gente, também! Você é muito importante! (bis) Vem...

(Apresentação dos participantes. Podem apresentar sua igreja ou comunidade).

Introdução
O lema da Semana de oração deste ano - "Unidos na tua mão" - é inspirado no livro do profeta Ezequiel. O profeta vive num contexto de desunião do povo de Deus. Israel estava dividido entre reino do sul e reino do norte. Mas, Deus quer que seu povo esteja unido. Essa é a mensagem do profeta. Unidade não significa o fim da diversidade. Nós sabemos muito bem o quanto é importante afirmar nossa identidade.Cada jeito de ser é um jeito de participar e de contribuir para um mundo melhor, onde a vida possa ser boa como Deus deseja. O que Deus deseja está na sua Palavra que vamos ouvir.

Canto
A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)

Leitura
Ezequiel, capítulo 37, versículos 15 a 28 - Serão um, em tuas
Veio-me uma palavra do Senhor: "Tu, filho de homem, toma um pedaço de madeira e escreve nele: Judá e os filhos de Israel que lhe estão associados. Depois toma outro pedaço de madeira e escreve nele: José - esta será a madeira de Efraim - e toda a casa de Israel que lhe está associada. Aproxima estes pedaços um contra o outro para formarem um só; estarão unidos em tua mão. Quando a gente do teu povo te disser: 'Não queres explicar-nos o que fazes?' lhe dirás: Assim fala o Senhor Deus: Vou tomar o pedaço de madeira de José - que está na mão de Efraim - e das tribos de Israel que lhe estão associadas; eu os encostarei neles, no pedaço de madeira de Judá: farei deles um só pedaço e eles estarão na minha mão. E os pedaços de madeira sobre os quais tiveres escrito estarão na tua mão, à vista deles. Dize-lhes: Assim fala o Senhor Deus: Vou tirar os filhos de Israel do meio das nações para onde foram, vou reuni-los de todas as partes e os levarei para seu solo. Farei deles uma nação única, na Terra, nas montanhas de Israel: um rei único será o rei de todos eles; não formarão mais duas nações e não estarão mais divididos em dois reinos. Não se macularão mais com seus ídolos e seus horrores, nem por todas as suas transgressões; eu os livrarei de todos os lugares onde habitam, os lugares onde pecaram. Eu os purificarei, serão para mim um povo e eu serei Deus para eles.

Comentário
Em 2009, os cristãos do mundo inteiro rezam pela unidade "para que estejam unidos em tua mão" (cf. Ez 37,17). Ezequiel - cujo nome significa "Deus o faz forte" - foi chamado para restituir esperança a seu povo, numa situação política e religiosa desesperada que perdurou depois da queda e ocupação de Israel, com o exílio de grande parte de seu povo. Nesta profecia vê-se uma prefiguração da vida nova em Cristo. Unindo os dois pedaços no madeiro da cruz, Jesus nos reconcilia com Deus e humanidade se enche de uma nova esperança! Apesar dos nossos pecados, da violência e das guerras; apesar da desigualdade entre ricos e pobres; apesar de nosso desrespeito à Criação; apesar das doenças, sofrimentos e discriminações; apesar da nossa desunião e das nossas divisões, Jesus Cristo - com os braços abertos na cruz - abraça toda a criação e nos dá o shalom de Deus. Elevado na cruz ele nos atrai para si e nos faz "um" em suas mãos. ( pausa para reflexão em silêncio).

Intercessão
Unimo-nos à oração de Jesus para nossa unidade, para que os cristãos compreendam que só em conjunto poderemos salvaguardar as maravilhas da Criação que Deus nos confiou: o ar que respiramos, a terra que nos dá seus frutos; a Terra inteira que glorifica seu Criador. Pai Nosso...

Bênção final
Deus, que conhece nossas alegrias, sofrimentos e esperanças, nos guie hoje e sempre. Nele somos encorajados a viver na fé e conduzir uma vida digna e santa, conforme o Evangelho. Amém. Que o Senhor vos abençoe e vos guarde. Que o Senhor faça resplandecer sua face sobre vós, e vos seja favorável. Que o Senhor volte para vós a sua face e vos dê a paz. Amém.

Saiba mais: http://www.conic.org.br/index.php?system=news&news_id=841&action=read

Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx

terça-feira, 26 de maio de 2009

Jo 17,1-11- Oração pelos discípulos

7a Semana da Páscoa
Preparo-me para a Leitura Orante, invocando o Espírito Santo nesta preparação de Pentecostes: Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.

1. Leitura (Verdade)

O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 17,1-11a, e observo as palavras de Jesus na sua oração ao Pai.
Depois de dizer essas coisas, Jesus olhou para o céu e disse:
- Pai, chegou a hora. Revela a natureza divina do teu Filho a fim de que ele revele a tua natureza gloriosa. Pois tens dado ao Filho autoridade sobre todos os seres humanos para que ele dê a vida eterna a todos os que lhe deste. E a vida eterna é esta: que eles conheçam a ti, que és o único Deus verdadeiro; e conheçam também Jesus Cristo, que enviaste ao mundo. Eu revelei no mundo a tua natureza gloriosa, terminando assim o trabalho que me deste para fazer. E agora, Pai, dá-me na tua presença a mesma grandeza divina que eu tinha contigo antes de o mundo existir. - Eu mostrei quem tu és para aqueles que tiraste do mundo e me deste. Eles eram teus, e tu os deste para mim. Eles têm obedecido à tua mensagem e agora sabem que tudo o que me tens dado vem de ti. Pois eu lhes entreguei a mensagem que tu me deste, e eles a receberam, e ficaram sabendo que é verdade que eu vim de ti, e creram que tu me enviaste. - Eu peço em favor deles. Não peço em favor do mundo, mas por aqueles que me deste, pois são teus. Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu; e a minha natureza divina se revela por meio daqueles que me deste. Agora estou indo para perto de ti. Eles continuam no mundo, mas eu não estou mais no mundo.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Aprendo de Jesus Mestre

a orar ao Pai e faço minhas as suas intenções: rezo em favor dos que seguem Jesus.

3.Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com a Oração da Unidade:
Senhor,
Faze-nos perceber as discriminações e exclusões que marcam a sociedade.
Conduze nosso olhar e ajuda-nos a reconhecer os nossos preconceitos.
Ensina-nos a expulsar todo desprezo de nosso coração, que apreciemos a alegria de viver na unidade. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual meu novo olhar a partir da Palavra?

Com os bispos reconheço:


“Às vezes esquecemos que a unidade é, antes de tudo, um dom do Espírito Santo, e oramos pouco por esta intenção. “Esta conversão do coração e esta santidade de vida, juntamente com as orações particulares e públicas pela unidade dos cristãos, hão de ser considerado como a alma de todo o movimento ecumênico e com razão pode se chamar ecumenismo espiritual”( DA, 230).
Meu novo olhar é em direção da unidade dos cristãos.

CELEBRAÇÃO PARA SER FEITA EM GRUPO OU COMUNIDADE

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2009

"Unidos na tua mão." (Ezequiel 37,17)

Canto de Abertura

Momento Novo

Deus chama a gente pra um momento novo de caminhar junto com seu povo.

É hora de transformar o que não dá mais,Sozinho, isolado, ninguém é capaz. Por isso vem, entra na roda com a gente, também! Você é muito importante! (bis) Vem...


Acolhida

(Apresentação dos participantes. Podem apresentar sua igreja ou comunidade).

Introdução

O lema da Semana de oração deste ano - "Unidos na tua mão" - é inspirado no livro do profeta Ezequiel. O profeta vive num contexto de desunião do povo de Deus. Israel estava dividido entre reino do sul e reino do norte. Mas, Deus quer que seu povo esteja unido. Essa é a mensagem do profeta. Unidade não significa o fim da diversidade. Nós sabemos muito bem o quanto é importante afirmar nossa identidade.Cada jeito de ser é um jeito de participar e de contribuir para um mundo melhor, onde a vida possa ser boa como Deus deseja. O que Deus deseja está na sua Palavra que vamos ouvir.

Canto

A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)

Leitura

Ezequiel, capítulo 37, versículos 15 a 28

- Serão um, em tuas mãos Veio-me uma palavra do Senhor: "Tu, filho de homem, toma um pedaço de madeira e escreve nele: Judá e os filhos de Israel que lhe estão associados. Depois toma outro pedaço de madeira e escreve nele: José - esta será a madeira de Efraim - e toda a casa de Israel que lhe está associada. Aproxima estes pedaços um contra o outro para formarem um só; estarão unidos em tua mão. Quando a gente do teu povo te disser: 'Não queres explicar-nos o que fazes?' lhe dirás: Assim fala o Senhor Deus: Vou tomar o pedaço de madeira de José - que está na mão de Efraim - e das tribos de Israel que lhe estão associadas; eu os encostarei neles, no pedaço de madeira de Judá: farei deles um só pedaço e eles estarão na minha mão. E os pedaços de madeira sobre os quais tiveres escrito estarão na tua mão, à vista deles. Dize-lhes: Assim fala o Senhor Deus: Vou tirar os filhos de Israel do meio das nações para onde foram, vou reuni-los de todas as partes e os levarei para seu solo. Farei deles uma nação única, na Terra, nas montanhas de Israel: um rei único será o rei de todos eles; não formarão mais duas nações e não estarão mais divididos em dois reinos. Não se macularão mais com seus ídolos e seus horrores, nem por todas as suas transgressões; eu os livrarei de todos os lugares onde habitam, os lugares onde pecaram. Eu os purificarei, serão para mim um povo e eu serei Deus para eles. Meu servo David reinará sobre eles, pastor único para todos eles; caminharão segundo meus costumes, guardarão minhas leis e as observarão. Habitarão a terra que dei a meu servo Jacó, a terra onde vossos pais a habitaram; ali habitarão eles, seus filhos e os filhos de seus filhos, para sempre; meu servo David será seu príncipe para sempre. Firmarei com eles uma aliança de paz, será uma aliança perene com eles. Eu o estabelecerei, multiplicá-los-ei. Estabelecerei meu santuário no meio deles para sempre. Minha morada estará junto deles; serei para eles Deus, e eles serão para mim um povo. Então as nações conhecerão que eu sou o Senhor que consagro Israel, quando estabelecer meu santuário no meio deles, para sempre.

Comentário

Em 2009, os cristãos do mundo inteiro rezam pela unidade "para que estejam unidos em tua mão" (cf. Ez 37,17). Ezequiel - cujo nome significa "Deus o faz forte" - foi chamado para restituir esperança a seu povo, numa situação política e religiosa desesperada que perdurou depois da queda e ocupação de Israel, com o exílio de grande parte de seu povo. Nesta profecia vê-se uma prefiguração da vida nova em Cristo. Unindo os dois pedaços no madeiro da cruz, Jesus nos reconcilia com Deus e humanidade se enche de uma nova esperança! Apesar dos nossos pecados, da violência e das guerras; apesar da desigualdade entre ricos e pobres; apesar de nosso desrespeito à Criação; apesar das doenças, sofrimentos e discriminações; apesar da nossa desunião e das nossas divisões, Jesus Cristo - com os braços abertos na cruz - abraça toda a criação e nos dá o shalom de Deus. Elevado na cruz ele nos atrai para si e nos faz "um" em suas mãos. ( pausa para reflexão em silêncio).

Intercessão

Unimo-nos à oração de Jesus para nossa unidade, para que os cristãos compreendam que só em conjunto poderemos salvaguardar as maravilhas da Criação que Deus nos confiou: o ar que respiramos, a terra que nos dá seus frutos; a Terra inteira que glorifica seu Criador. Pai Nosso...

Bênção final

Deus, que conhece nossas alegrias, sofrimentos e esperanças, nos guie hoje e sempre. Nele somos encorajados a viver na fé e conduzir uma vida digna e santa, conforme o Evangelho. Amém. Que o Senhor vos abençoe e vos guarde. Que o Senhor faça resplandecer sua face sobre vós, e vos seja favorável. Que o Senhor volte para vós a sua face e vos dê a paz. Amém.

Saiba mais: http://www.conic.org.br/index.php?system=news&news_id=841&action=read

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Jo 16,29-33 - "Não estou só. O Pai está comigo"

7a Semana da Páscoa Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos
Tema: "Unidos na tua mão" (Ez 37,17)
O tema desta Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos
inspira-se no capítulo 37 do profeta Ezequiel:
"unidos na tua mão" (37,17).
Diz o texto bíblico:
Recebi de Javé a seguinte mensagem: «Criatura humana, pegue uma vara e escreva nela: 'Judá e os israelitas que estão com ele'. Depois pegue outra vara e escreva nela: 'José e os israelitas que estão com ele'. Em seguida, junte as duas, de modo que formem uma vara só e fiquem unidas em tua mão."
Este gesto profético de aproximar duas varas de madeira é a imagem da reunificação dos reinos do Norte e do Sul: Deus conta com a ação do profeta para construir a unidade. Comecemos nossa oração rezando pela unidade: Pai nosso...
Veja CELEBRAÇÃO
em

1. Leitura (Verdade)


O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 16,29-33,
e observo os discípulos dialogando com Jesus.



Então os seus discípulos disseram:
- Agora, sim, o senhor está falando claramente e não por meio de comparações. Sabemos agora que o senhor conhece tudo e não precisa que ninguém lhe faça perguntas. Por isso nós cremos que o senhor veio de Deus.
E Jesus respondeu:
- Então agora vocês crêem? Pois chegou a hora de vocês todos serem espalhados, cada um para a sua casa; e assim vão me deixar sozinho. Mas eu não estou só, pois o Pai está comigo. Eu digo isso para que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz. No mundo vocês vão sofrer; mas tenham coragem. Eu venci o mundo.
A assimilação prática dos ensinamentos de Jesus estão sendo assimiladas aos poucos pelos discípulos. O Mestre sabe que, apesar disso, os seus mais próximos seguidores, se dispersarão, o abandonarão na hora mais decisiva de sua vida, a sua Paixão. Os discípulos entendem intelectualmente, mas na hora de demonstrar isto na prática, abandonam Jesus. Mas, Ele, prevendo esta fraqueza, os anima, dizendo-lhes que mesmo na deserção dos amigos, Deus não o abandonará: "O Pai está comigo". E adianta-lhes: "vocês vão sofrer, mas tenham coragem. Eu venci o mundo".

2. Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim, hoje?
Às vezes, também eu entendo a proposta de Jesus, sei quais são os caminhos de Deus, mas não os consigo viver no dia a dia. Quero renovar minha fé de que "o Pai está comigo" e, ciente de que Jesus venceu, eu também terei a vitória sobre qualquer mal.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com a Oração da Unidade:
Senhor,
Faze-nos perceber as discriminações e exclusões que marcam a sociedade.
Conduze nosso olhar e
ajuda-nos a reconhecer os nossos preconceitos.
Ensina-nos a expulsar todo desprezo de nosso coração,
para que apreciemos a alegria de viver na unidade. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar, como o da minha Igreja, é ecumênico: "A compreensão e a prática da eclesiologia de comunhão nos conduz ao diálogo ecumênico. A relação com os irmãos e irmãs batizados de outras Igrejas e comunidades eclesiais é um caminho irrenunciável para o discípulo e missionário, pois a falta de unidade representa um escândalo, um pecado e um atraso do cumprimento do desejo de Cristo: "para que todos sejam um, como tu, Pai,estás em mim e eu em ti. E para que também eles estejam em nós, a fim de que o mundo acredite que tu me enviaste" (Jo 17,21) (DA, 227).

Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx




















sábado, 23 de maio de 2009

Jo 16,23b-28 – Jesus, nosso intercessor

Sexta Semana da Páscoa
Preparo-me para a Leitura Orante, unindo-me a milhares de pessoas que diante da tela do computador também se colocam na presença de Deus. E rezo ao Espírito Santo:

Divino Espírito Santo,
Em profunda adoração te peço:
Realiza a fusão de meu coração, de minha vontade, de minha mente com Jesus.
Que os afetos de Jesus sejam os meus;
Os desejos de Jesus sejam os meus desejos;
Os pensamentos de Jesus sejam os meus pensamentos. (Bv. Alberione)

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto Jo 16,23b-28, e acolho com amor as palavras de Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida.
E eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês pedirem ao Pai alguma coisa em meu nome, ele lhes dará. Até agora vocês não pediram nada em meu nome; peçam e receberão para que a alegria de vocês seja completa. E Jesus terminou, dizendo:- Eu digo essas coisas a vocês por meio de comparações. Mas chegará o tempo em que não falarei mais por meio de comparações, pois falarei claramente a vocês a respeito do Pai. Naquele dia vocês pedirão coisas em meu nome. E eu digo que não precisarei pedir ao Pai em favor de vocês, pois o próprio Pai os ama. Ele os ama porque vocês, de fato, me amam e crêem que vim de Deus. Eu vim do Pai e entrei no mundo. E agora deixo o mundo e vou para o Pai.

Jesus faz uma afirmação e a repete, a confirma: garante que tudo que pedirmos ao Pai, em seu nome, conseguiremos. E disse mais: “O Pai sabe de que coisas vocês precisam” (Mt 6,8). “ O Pai ama vocês”.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
O texto me diz que o Pai encaminha todas as coisas para o nosso maior bem. Não cessa de guiar a nossa vida, acompanhando cada passo. Jesus diz que o Pai nos ama e, por isso, não precisará pedir por nós. O amor é tudo.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, ao Pai, pedindo aquilo que Jesus me ensinou a pedir, mas tenho certeza de que o Pai me ama e isto basta!
Pai Nosso.....
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Hoje terei no olhar e nas atitudes “a dinâmica do Bom samaritano (cf. Lc 10,29-37), que nos dá o imperativo de nos fazer próximos, especialmente com o que sofre, e gerar uma sociedade sem excluídos, seguindo a prática de Jesus que come com publicanos e pecadores (cf. Lc 5,29-32), que acolhe os pequenos e as crianças (cf. Mc 10,13-16), que cura os leprosos (cf. Mc 1,40-45), que perdoa e liberta a mulher pecadora (cf. Lc 7,36-49; Jo 8,1-11), que fala com a Samaritana “(cf. Jo 4,1-26). (DA,135.).

Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx










sexta-feira, 22 de maio de 2009

Jo 16,20-23a - Jesus conforta os discípulos

Sexta Semana da Páscoa
Preparo-me para a Leitura Orante, renovando minha fé:
Creio, meu Deus, que estou diante de Ti.
Que me vês e escutas as minhas orações.
Tu és tão grande e tão santo: eu te adoro.
Tu me deste tudo: eu te agradeço.
Foste tão ofendido por mim:
eu te peço perdão de todo o coração.
Tu és tão misericordioso: eu te peço todas as graças
que sabes serem necessárias para mim.

1. Leitura (Verdade):
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 16,20-23a, e observo as palavras carregadas de amor de Jesus.
Pois eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês vão chorar e ficar tristes, mas as pessoas do mundo ficarão alegres. Vocês ficarão tristes, mas essa tristeza virará alegria. Quando uma mulher está para dar à luz, ela fica triste porque chegou a sua hora de sofrer. Mas, depois que a criança nasce, a mulher fica tão alegre, que nem lembra mais do seu sofrimento. Assim acontece também com vocês: agora estão tristes, mas eu os verei novamente. Aí vocês ficarão cheios de alegria, e ninguém poderá tirar essa alegria de vocês. - Quando chegar aquele dia, vocês não me pedirão nada.
Jesus usa uma imagem cheia de ternura, de sofrimento e alegria que é a de um parto. Diz que assim vai acontecer conosco. A partida de Jesus com sua morte vai entristecer aos apóstolos, mas a certeza da Ressurreição vai provocar uma imensa alegria.

2. Meditação (Caminho):
O que o texto diz para mim, hoje?
Nem sempre compreendo o sofrimento, a dor, os momentos difíceis. Mas, a minha fé me garante que depois de uma tempestade sempre vem o sol, a calmaria.

3.Oração (Vida):
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Renovo a minha fé, com uma bonita canção do Padre Zezinho:

Um Deus apaixonado, mandou o seu recado,
por meio do seu filho, e o filho foi Jesus.
Mandou dizer que é pai e ama tanto e tanto a cada um,
que até o fio de cabelo que nos cai,
porque ele é Pai, seu coração percebe.
Um filho apaixonado morreu crucificado.
Paixão mais dolorida, o mundo nunca viu!
Mas antes de morrer, amando seus amigos um por um, se ajoelhou,
lavou os pés de cada qual, fez muito mais: se fez nosso alimento!

Ao longo do caminho, existe um pão e um vinho,
que enchem de sentido, a vida de quem vai.
Por isso ao receber Jesus o filho santo de Javé.
A minha fé me diz que posso ser feliz,
e ele diz que vai ficar comigo.

4.Contemplação (Vida e Missão):
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
"Como discípulos e missionários, somos chamados a intensificar nossa resposta de fé e a anunciar que Cristo redimiu todos os pecados e males da humanidade” (CA, 134). Assim passarei o dia de hoje.

Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx











quarta-feira, 20 de maio de 2009

Jo 16,12-15 - O Espírito ensinará toda a verdade

SEXTA SEMANA DA PÁSCOA
Jo 16,12-15

Como disseram os bispos na Conferência de Aparecida, “ Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor, ao nos chamar e nos eleger, nos confiou.” (CA, 18).

Assim, invocamos o Espírito de Verdade para rezar a Palavra:

Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.
1. Leitura (Verdade)
Leio atentamente as palavras de Jesus em Jo 16,12-15:
Jesus continuou dizendo: ainda tenho muitas coisas para lhes dizer, mas vocês não poderiam suportar isso agora. Porém, quando o Espírito da verdade vier, ele ensinará toda a verdade a vocês. O Espírito não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que ouviu e anunciará a vocês as coisas que estão para acontecer. Ele vai ficar sabendo o que tenho para dizer, e dirá a vocês, e assim ele trará glória para mim. Tudo o que o Pai tem é meu. Por isso eu disse que o Espírito vai ficar sabendo o que eu lhe disser e vai anunciar a vocês.
O que diz o texto?
Jesus fala da missão do Espírito: ensinar toda a verdade. A verdade consiste em transmitir o que Jesus quer que ele transmita a nós.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
É preciso que eu esteja atento/a ao Espírito Santo, que me coloque na condição de discípulo e discípula que escuta e acolhe na vida a verdade que é Jesus.
“Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria.” (CA, 32).


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo:

Espírito vivificador,
a ti consagro o meu coração:
aumenta em mim o amor a Jesus, Vida da minha vida.
Faze-me sentir filho amado do Pai. Amém.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
“Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado podemos e queremos contemplar o mundo, a história, os nossos povos.” (CA,18).


Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx

terça-feira, 19 de maio de 2009

Jo 16,5-11- Jesus fala do Espírito

Sexta Semana da Páscoa
Inicio este momento de Leitura Orante, em sintonia com as expectativas dos bispos na Conferência de Aparecida: “Desejamos que a alegria que recebemos no encontro com Jesus Cristo, a quem reconhecemos como o Filho de Deus encarnado e redentor, chegue a todos os homens e mulheres feridos pelas adversidades; desejamos que a alegria da boa nova do Reino de Deus, de Jesus Cristo vencedor do pecado e da morte, chegue a todos quantos jazem à beira do caminho, pedindo esmola e compaixão (cf. Lc 10,29-37; 18,25-43)”. (DA, 32).


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 12,20-33, e observo as palavras de Jesus que parecem uma despedida e são carregadas de recomendações.

Agora eu vou para junto daquele que me enviou. E nenhum de vocês me pergunta: "Aonde é que o senhor vai?" Mas, porque eu disse isso, o coração de vocês ficou cheio de tristeza. Eu falo a verdade quando digo que é melhor para vocês que eu vá. Pois, se não for, o Auxiliador não virá; mas, se eu for, eu o enviarei a vocês. Quando o Auxiliador vier, ele convencerá as pessoas do mundo de que elas têm uma idéia errada a respeito do pecado e do que é direito e justo e também do julgamento de Deus. As pessoas do mundo estão erradas a respeito do pecado porque não crêem em mim; estão erradas a respeito do que é direito e justo porque eu vou para o Pai, e vocês não vão me ver mais. E também estão erradas a respeito do julgamento porque aquele que manda neste mundo já está julgado.

O Mestre garante que quando vier, o Espírito Santo vai revelar o que está errado e também o que é direito e justo. A missão do Espírito é interpretar e nos ajudar a ver a realidade e nela discernir o que é conforme o Projeto de Jesus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Jesus me diz na sua Palavra que devo contar na minha vida com o Espírito Santo para discernir cada situação, para interpretar os sinais de Deus no meu dia a dia. Por isso, rezo:

Espírito santificador, a ti consagro a minha vontade:
Ajuda-me a dizer sim ao Projeto de Deus para a minha vida.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, com Bento XVI:

Senhor Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida,
rosto humano de Deus e rosto divino do homem,
acendei em nossos corações o amor ao Pai que está no céu
e a alegria de sermos cristãos.

Vinde ao nosso encontro
e guiai os nossos passos para seguir-vos
e amar-vos na comunhão da vossa Igreja,
celebrando e vivendo o dom da Eucaristia,
carregando a nossa cruz, e urgidos por vosso envio.

Dai-nos sempre o fogo de vosso Santo Espírito,
que ilumine as nossas mentes
e desperte entre nós o desejo de contemplar-vos,
o amor aos irmãos, especialmente aos aflitos,
e o ardor por anunciar-vos no início deste século.

Discípulos e missionários vossos,
nós queremos remar mar adentro,
para que os nossos povos tenham em vós vida abundante,
e construam com solidariedade a fraternidade e a paz.

Senhor Jesus, vinde e enviai-nos!
Maria, Mãe da Igreja, rogai por nós. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Hoje, quero “expressar a alegria de ser discípulo do Senhor e de ter sido agraciado com o tesouro do Evangelho. Ser cristão não é uma carga, mas um dom: Deus Pai nos abençoou em Jesus Cristo seu Filho, Salvador do mundo”. (DA,23).

Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx











segunda-feira, 18 de maio de 2009

Jo 12,20-33 - O Espírito da Verdade vem do Pai

Sexta Semana da Páscoa
Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor, ao nos chamar e nos eleger, nos confiou.” (DA,18).
Assim, invocamos as luzes do Espírito Santo, para este momento:
Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 12,20-33
O Auxiliador será enviado
- Quando chegar o Auxiliador, o Espírito da verdade, que vem do Pai, ele falará a respeito de mim. E sou eu quem enviará esse Auxiliador a vocês da parte do Pai. E vocês também falarão a meu respeito porque estão comigo desde o começo.
E Jesus disse ainda:
- Eu digo isso para que vocês não abandonem a sua fé. Vocês serão expulsos das sinagogas, e chegará o tempo em que qualquer um que os matar pensará que está fazendo a vontade de Deus. Eles vão fazer essas coisas porque não conhecem nem o Pai nem a mim. Mas eu digo isso para que, quando essas coisas acontecerem, vocês lembrem que eu já os tinha avisado
.

Jesus fala do Auxiliador, também considerado o defensor, o Espírito da Verdade. Recomenda firmeza na fé e agendar também o que acontecerá por anunciarem o Reino: serão expulsos e, alguns até eliminados.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Às vezes penso minha missão apenas como resultados positivos, adesões, alegrias. Jesus alerta que muitas vezes, a mensagem não será acolhida, aceita e também, a pessoa do discípulo e missionário. É difícil, mas devo ter em consideração também este tipo de reação. Porém, jamais duvidar que o Espírito Santo está conosco.
Espírito santificador, a ti consagro a minha vontade:
Ajuda-me a dizer sim ao Projeto de Deus para a minha vida.
Dá-me a fortaleza.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?

"Senhor Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida,
rosto humano de Deus e rosto divino do homem,
acendei em nossos corações o amor ao Pai que está no céu
e a alegria de sermos cristãos.

Dai-nos sempre o fogo de vosso Santo Espírito,
que ilumine as nossas mentes
e desperte entre nós o desejo de contemplar-vos,
o amor aos irmãos, especialmente aos aflitos,
e o ardor por anunciar-vos no início deste século.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
“Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado podemos e queremos contemplar o mundo, a história, os nossos povos da América Latina e do Caribe e cada um de seus habitantes.” (DA,18)


Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx










domingo, 17 de maio de 2009

Jo 15,9-17 - Jesus nos escolheu

LEITURA ORANTE
Preparando-me para a Leitura Orante, com todos os que fazem este caminho, “Damos graças a Deus que nos deu o dom da palavra, com a qual podemos nos comunicar entre nós e com Ele por meio de seu Filho, que é sua Palavra (cf. Jo 1,1). Damos graças a Ele que, por seu grande amor fala a nós como a amigos (cf. Jo 15,14-15).(DA,26).

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 15,9-17.
Assim como o meu Pai me ama, eu amo vocês; portanto, continuem unidos comigo por meio do meu amor por vocês. Se obedecerem aos meus mandamentos, eu continuarei amando vocês, assim como eu obedeço aos mandamentos do meu Pai e ele continua a me amar.
- Eu estou dizendo isso para que a minha alegria esteja em vocês, e a alegria de vocês seja completa. O meu mandamento é este: amem uns aos outros como eu amo vocês. Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles. Vocês são meus amigos se fazem o que eu mando. Eu não chamo mais vocês de empregados, pois o empregado não sabe o que o seu patrão faz; mas chamo vocês de amigos, pois tenho dito a vocês tudo o que ouvi do meu Pai. Não foram vocês que me escolheram; pelo contrário, fui eu que os escolhi para que vão e dêem fruto e que esse fruto não se perca. Isso a fim de que o Pai lhes dê tudo o que pedirem em meu nome. O que eu mando a vocês é isto: amem uns aos outros.
Releio o texto observando o nível de relacionamento em que o Mestre me coloca.
Desperta em mim uma grande alegria saber que não fui eu que escolhi o Senhor, mas foi Ele que me escolheu. Sou uma pessoa escolhida por Jesus Cristo para ir e produzir frutos de amor: “o que eu mando, diz Jesus, é que vocês amem-se uns aos outros”.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Como discípulo/a devo levar à frente a missão que me dá Jesus Cristo: o amor. Em que consiste este amor? Como vivê-lo num mundo em que é muito forte o egoísmo, o individualismo, e que a outra pessoa, muitas vezes é uma ameaça. Devo começar pela conversão. Devo orientar minha energias para ir contra a corrente. Os bispos, na Conferência de Aparecida, concluíram: “ A alegria do discípulo é antídoto frente a um mundo atemorizado pelo futuro e agoniado pela violência e pelo ódio. A alegria do discípulo não é um sentimento de bem-estar egoísta, mas uma certeza que brota da fé, que serena o coração e capacita para anunciar a boa nova do amor de Deus. Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria.” ((DA,32).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, com toda a Igreja, “Fica conosco”
Fica conosco, pois cai a tarde e o dia já se declina” (Lc 24,29).
Fica conosco, Senhor, acompanha-nos ainda que nem sempre tenhamos sabido reconhecer-te.Fica conosco, porque ao redor de nós as mais densas sombras vão se fazendo, e Tu és a Luz; em nossos corações se insinua a falta de esperança, e tu os faz arder com a certeza da Páscoa. Estamos cansados do caminho, mas tu nos confortas na fração do pão para anunciar a nossos irmãos que na verdade tu tens ressuscitado e que nos tem dado a missão de ser testemunhas de tua ressurreição.
Fica conosco, Senhor, quando ao redor de nossa fé católica surgem as névoas da dúvida, do cansaço ou da dificuldade: tu, que és a própria Verdade como revelador do Pai, ilumina nossas mentes com tua Palavra; ajuda-nos a sentir a beleza de crer em ti.
Fica em nossas famílias, ilumina-as em suas dúvidas, sustenta-as em suas dificuldades, consola-as em seus sofrimentos e no cansaço de cada dia, quando ao redor delas se acumulam sombras que ameaçam sua unidade e sua natureza. Tu que és a Vida, fica em nossos lares, para que continuem sendo ninhos onde nasça a vida humana abundante e generosamente, onde se acolha, se ame, se respeite a vida desde a sua concepção até seu término natural.
Fica, Senhor, com aqueles que em nossas sociedade são os mais vulneráveis; fica com os pobres e humildes, com os indígenas e afro-americanos, que nem sempre encontram espaços e apoio para expressar a riqueza de sua cultura e a sabedoria de sua identidade. Fica, Senhor, com nossas crianças e com nossos jovens, que são a esperança e a riqueza de nosso Continente, protege-os de tantas armadilhas que atentam contra sua inocência e contra suas legítimas esperanças. Oh bom Pastor, fica com nossos anciãos e com nossos enfermos! Fortalece a todos em sua fé para que sejam teus discípulos e missionários! (DA,554).

4.Contemplação (Vida e Missão):
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é carregado da “alegria do discípulo, o que não é um sentimento de bem-estar egoísta, mas uma certeza que brota da fé, que serena o coração e capacita para anunciar a boa nova do amor de Deus”.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.

Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx