segunda-feira, 4 de maio de 2009

Jo 10,1-10 - Segunda-feira da Quarta Semana da Páscoa

Jesus se diz porta dos pastores e ovelhas


LEITURA ORANTE

Preparo-me para a Leitura Orante, pedindo luzes do Espírito.
Espírito Santo, dai-nos o dom do entendimento,
uma compreensão mais profunda da verdade,
a fim de anunciar a salvação com maior firmeza e convicção.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia? Leio atentamente o texto.




Jo 10,1-10
Jesus disse: - Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não entra no curral das ovelhas pela porta, mas pula o muro é um ladrão e bandido. Mas quem entra pela porta é o pastor do rebanho. O porteiro abre a porta para ele. As ovelhas reconhecem a sua voz quando ele as chama pelo nome, e ele as leva para fora do curral. Quando todas estão do lado de fora, ele vai na frente delas, e elas o seguem porque conhecem a voz dele. Mas de jeito nenhum seguirão um estranho! Pelo contrário, elas fugirão, pois não conhecem a voz de estranhos. Jesus fez esta comparação, mas ninguém entendeu o que ele queria dizer. Então Jesus continuou: - Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eu sou a porta por onde as ovelhas passam. Todos os que vieram antes de mim são ladrões e bandidos, mas as ovelhas não deram atenção à voz deles. Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; poderá entrar e sair e achará comida. O ladrão só vem para roubar, matar e destruir; mas eu vim para que as ovelhas tenham vida, a vida completa.

Observo Jesus que se define como "porta por onde as ovelhas passam". Jesus é a porta que dá acesso às ovelhas. É preciso "passar" por Jesus para viver a verdadeira vida. Posso considerar alguns detalhes:
1º A figura do porteiro - o recepcionista que responde pela segurança e não deixa entrar quem não deve: o ladrão e o bandido.
2º O texto fala de entrar e sair pela porta. Sugere liberdade, ausência de dominação ou escravidão.
3º A relação pessoal do pastor com cada ovelha - ele chama a cada uma pelo nome e elas conhecem a sua voz, ele as guia, elas o seguem e fogem dos estranhos. Ele oferece e preserva a vida das ovelhas.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?


Na minha relação com Cristo vivo esta experiência de liberdade? Busco a verdadeira vida em Jesus? E o mundo de hoje para onde vai? Passa por esta porta ou prefere desvios?
3.Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus?
Vou imprimir o Salmo 23 e colocar sobre a minha mesa para rezá-lo
diversas vezes hoje e,
concluo,
consagrando-me a Maria.


Salmo 23
O Senhor é o meu pastor; nada me falta.
Em verdes pastagens me faz descansar
e conduz-me a águas tranquilas.
Conforta a minha alma
e leva-me por caminhos retos,
por amor do seu nome.
Ainda que eu atravesse o mais escuro vale,
não terei receio de nada,
porque tu, Senhor, estás comigo.
A tua vara e o teu cajado dão-me segurança.
Preparaste-me um banquete à frente dos meus inimigos.
Recebeste-me com todas honras
e encheste a minha taça até transbordar.
De fato, a tua bondade
e o teu amor acompanham-me ao longo da minha vida.
E na tua casa, Senhor, morarei para sempre.

Consagração a Nossa Senhora
Ó Senhora minha, ó minha Mãe,
eu me ofereço todo(a) a vós,
e em prova da minha devoção para convosco,
Vos consagro neste dia,
os meus olhos, os meus ouvidos, a minha boca,
o meu coração e inteiramente todo o meu ser.
E porque assim sou vosso(a),
ó incomparável Mãe,
guardai-me e defendei-me como filho(a)
e propriedade vossa. Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?




Meu novo olhar é o mesmo de toda a Igreja no Continente Americano:
"A Igreja, que participa dos gozos e esperanças, das tristezas e alegrias de seus filhos, quer caminhar ao seu lado neste período de tantos desafios, para infundir-lhes sempre esperança e consolo"
(Doc. Aparecida 16).

Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.
Acesse também:

Nenhum comentário: