segunda-feira, 1 de junho de 2009

Mc 12,1-12 - Os lavradores maus

9a Semana do Tempo Comum


1° Passo: Preparo o ambiente para Leitura Orante. Situo-me na sala ou noutro lugar de minha preferência, caracterizando-o como um "espaço sagrado", com algum símbolo. Por exemplo: a Bíblia, uma vela. Posso expor também uma frase como: "Graça e Paz"; "Quem está unido a Cristo é nova criatura" (2Cor 5,17); "O Espírito vem em socorro de nossa fraqueza." (Rm 8,26).."O próprio Espírito intercede em nosso favor" (Rm 8,26).Desligo o telefone por alguns momentos. Assumo uma posição cômoda que favoreça minha concentração. Coloco-me na presença de Deus, invocando a sua bênção:
A bênção do Deus de Sara, Abraão e Agar,
a bênção do Filho, nascido de Maria,
a bênção do Espírito Santo de amor,
que cuida com carinho,
qual mãe cuida da gente,esteja sobre todos nós. Amém!

2° Passo: Preparo-me, invocando o Espírito Santo. Respiro profundamente e devagar várias vezes, colocando-me na presença de Deus. Peço as luzes do Espírito Santo. Repito diversas vezes o refrão paulino: "Deus não está longe de cada um de nós, nele vivemos nos movemos e existimos" (At 17,27b,28). Conscientizo-me de que faço parte de uma "comunidade orante". Faço parte de um Corpo, do qual sou um membro, entre muitos outros e do qual, Cristo é a Cabeça. "Vós sois o Corpo de Cristo" (1Cor 12,27).

3° Passo: Leitura ( Verdade)
O que o texto diz?Leio atenta, e lentamente, pelo menos duas vezes, o texto do dia.
Mc 12,1-12 - Os lavradores maus.
Depois Jesus começou a falar por meio de parábolas. Ele disse:
- Certo homem fez uma plantação de uvas e pôs uma cerca em volta dela. Construiu um tanque para pisar as uvas e fazer vinho e construiu uma torre para o vigia. Em seguida, arrendou a plantação para alguns lavradores e foi viajar. Quando chegou o tempo da colheita, o dono enviou um empregado para receber a sua parte. Mas os lavradores agarraram o empregado, bateram nele e o mandaram de volta sem nada. O dono mandou mais um empregado, mas eles bateram na cabeça dele e o trataram de um modo vergonhoso. E ainda outro foi mandado para lá, mas os lavradores o mataram. E o mesmo aconteceu com muitos mais - uns foram surrados, e outros foram mortos. E agora a única pessoa que o dono da plantação tinha para mandar lá era o seu querido filho. Finalmente ele o mandou, pensando assim: "O meu filho eles vão respeitar." Mas os lavradores disseram uns aos outros: "Este é o filho do dono; ele vai herdar a plantação. Vamos matá-lo, e a plantação será nossa."
- Então agarraram o filho, e o mataram, e jogaram o corpo para fora da plantação. Aí Jesus perguntou:
- E agora, o que é que o dono da plantação vai fazer? Ele virá, matará aqueles homens e entregará a plantação a outros lavradores. Vocês não leram o que as Escrituras Sagradas dizem? "A pedra que os construtores rejeitaram veio a ser a mais importante de todas. Isso foi feito pelo Senhor e é uma coisa maravilhosa!"
Os líderes judeus sabiam que a parábola era contra eles e quiseram prender Jesus, mas tinham medo do povo. Por isso deixaram Jesus em paz e foram embora.
Algumas perguntas podem me ajudar: Quais são as palavras-chaves do texto? Onde ocorre o fato? Que pessoas aparecem? Como interagem, como se relacionam? Quais expressões e atitudes revelam vida ou não-vida? Na parábola de Jesus vê-se a atitude carinhosa e paciente de Deus para conosco. Plantar a vinha e protegê-la com um vigia significa o amor de Deus pelo povo. Deus enviou diversos empregados para receber a sua parte na colheita. Enviou até seu Filho, mas todos foram mortos, rejeitados. Assim agiram com Jesus os líderes judeus.


4° Passo: Meditação (Caminho)
O que esse texto me diz hoje? Qual frase mais me toca o coração?Que atitude me sugere e me revela? Como assumir na minha vida os valores do Evangelho? Que aspecto de minha vida precisa ser mudado?Como acolho as mensagens que Deus me envia, os apelos que ele me faz? Acolho ou ignoro, ou, pior ainda, "mato" as propostas de Deus para dar-lhe o meu coração, a minha vida, a minha contribuição para o crescimento do Reino?


5° Passo: Oração (Vida)

O que a leitura e a meditação me fazem dizer a Deus? Tudo o que foi lido e meditado transformo em oração.Agora falo com Deus através do louvor, do agradecimento, da súplica, do pedido de perdão.
Rezo com Bento XVI:"Senhor Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida, rosto humano de Deus e rosto divino do homem, acendei em nossos corações o amor ao Pai que está no céu e a alegria de sermos cristãos. Dai-nos sempre o fogo de vosso Santo Espírito, que ilumine as nossas mentes e desperte entre nós o desejo de contemplar-vos, o amor aos irmãos, especialmente aos aflitos,e o ardor por anunciar-vos no início deste século. Discípulos e missionários vossos, nós queremos remar mar adentro, para que os nossos povos tenham em Vós vida abundante, e construam com solidariedade a fraternidade e a paz.


6°Passo: Contemplação (Vida)

Contemplar é ver a vida com os olhos iluminados pela Palavra e pelo Espírito.Pergunto-me: O que esse texto me leva a assumir na minha vida diária? Escolho uma palavra ou uma frase para guardar no coração e repetir durante o dia. Hoje me proponho acolher com amor todos os apelos de Deus.

7º Passo: Encerramento
Como me preparei, despeço-me da comunidade orante, com um "até mais", ou seja, uma bênção que me acompanhará durante todo o dia:"Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual, por meio de Cristo, nos abençoou com todo tipo de bênçãos espirituais" (Ef 1,3).

.
Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx















Nenhum comentário: