domingo, 9 de agosto de 2009

Jo 6,41-51 - O pão da vida

Preparo-me para a Leitura Orante, rezando:
Vinde, Espírito Santo,
E dai-nos o dom da sabedoria,
para que possamos avaliar todas as coisas
à luz do Evangelho
e ler nos acontecimento da vida
projetos de amor do Pai.


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 6,41-51, e observo Jesus que fala do pão da vida.

Eles começaram a criticar Jesus porque ele tinha dito: "Eu sou o pão que desceu do céu." E diziam:
- Este não é Jesus, filho de José? Por acaso nós não conhecemos o pai e a mãe dele? Como é que agora ele diz que desceu do céu?
Jesus respondeu:
- Parem de resmungar contra mim. Só poderão vir a mim aqueles que forem trazidos pelo Pai, que me enviou, e eu os ressuscitarei no último dia. Nos Profetas está escrito: "Todos serão ensinados por Deus." E todos os que ouvem o Pai e aprendem com ele vêm a mim. Isso não quer dizer que alguém já tenha visto o Pai, a não ser aquele que vem de Deus; ele já viu o Pai.
- Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem crê tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Os antepassados de vocês comeram o maná no deserto, mas morreram. Aqui está o pão que desce do céu; e quem comer desse pão nunca morrerá. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer desse pão, viverá para sempre. E o pão que eu darei para que o mundo tenha vida é a minha carne.


Jesus afirma que quem crê, tem a vida eterna. Volta a dizer que é o pão da vida. Diz ainda “Quem come deste pão tem a vida eterna”. Sabemos que este pão de vida nos é dado pela Eucaristia. A Eucaristia, assim como necessitamos de alimentos para viver fisicamente, precisamos marcar o ritmo do nosso quotidiano com o verdadeiro pão da vida. O cardeal Van Thuan dizia: “O que devemos fazer com a nossa vida? "Eucaristizar". Transformar tudo em Eucaristia.” E quanto mais formos Eucaristia, menos fome teremos e seremos fortes para a missão que Deus nos confia.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
O que busco como alimento para meu espírito, para minha vida cristã?
De que me nutro para esta missão? Qual é a fonte que sacia minha sede de vida?
Quanto mais eu for fonte, menos sede terei e poderei ajudar as pessoas que também estão com sede


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo com a canção do padre Zezinho,
scj:
Esperar contra toda esperança
Partilhar com carinho da mesa
Onde Deus vem nos alimentar
Confiar como simples criança
Que não sabe talvez a resposta
Mas aceita do Pai a proposta
É meu jeito de crer e de amar
Todos os dias na Eucaristia

Minha alma confia
Que acontece um milagre impossível
Deus me alimenta de paz e de luz
No corpo e no sangue do Cristo Jesus
Na tormenta, saber que a bonança

Está perto e seguir confiante
E por mais que pareça distante
Perseguir o lugar que é só meu
Caminhar como quem não se cansa
Olhos fitos na meta escolhida
E apostar nesta meta uma vida
Eis a herança que o Mestre me deu
Todos os dias na Eucaristia

Minha alma confia
Que acontece um milagre impossível
Deus me alimenta de paz e de luz
No corpo e no sangue do Cristo Jesus


4.Contemplação (Vida e Missão)
meu novo olhar a partir da Palavra?
Buscarei alimentar minha vida com o pão do céu,
deixar-me “eucaristizar”
e ver o mundo na ótica de Jesus Mestre.


Obs.: Se você quiser receber em seu endereço eletrônico o Evangelho do Dia, acesse o seguinte endereço e preencha o formulário de cadastro - http://www.paulinas.org.br/loja/CentralUsuarioLogin.aspx












Nenhum comentário: