sábado, 11 de julho de 2009

Mt 10,24-33 – Missão para os fortes


Preparo-me para a Leitura Orante com
Oração do Brasil na missão continental
Senhor, Deus da vida e do amor,
enviastes o vosso Filho
para nos libertar das forças da morte
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho em
nosso Pátria, em comunhão com a Missão Continental.
Fazei-nos missionários,
caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso
de discípulos missionários . Amém!


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Mt 10,24-33, e observo as recomendações de Jesus aos discípulos e missionários
- Nenhum aluno é mais importante do que o seu professor, e nenhum empregado é mais importante do que o seu patrão. Portanto, o aluno deve ficar satisfeito em ser como o seu professor, e o empregado, em ser como o seu patrão. Se o chefe da família é chamado de Belzebu, então as pessoas dessa família serão xingadas de nomes piores ainda.
- Portanto, não tenham medo de ninguém. Tudo o que está coberto vai ser descoberto; e tudo o que está escondido será conhecido. O que estou dizendo a vocês na escuridão repitam na luz do dia. E o que vocês ouviram em segredo anunciem abertamente. Não tenham medo daqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Porém tenham medo de Deus, que pode destruir no inferno tanto a alma como o corpo. Por acaso não é verdade que dois passarinhos são vendidos por algumas moedinhas? Porém nenhum deles cai no chão se o Pai de vocês não deixar que isso aconteça. Quanto a vocês, até os fios dos seus cabelos estão todos contados. Portanto, não tenham medo, pois vocês valem mais do que muitos passarinhos.
- Se uma pessoa afirmar publicamente que pertence a mim, eu também, no Dia do Juízo, afirmarei diante do meu Pai, que está no céu, que ela pertence a mim. Mas, se uma pessoa disser publicamente que não pertence a mim, eu também, no Dia do Juízo, direi diante do meu Pai, que está no céu, que ela não pertence a mim.

Jesus é claro. Quem se faz seu discípulo e missionário não é candidato a disputar cargos e carreira. Não pode ser uma pessoa medrosa. Deve ser transparente e confiar em Deus. “Vocês valem mais do que muitos passarinhos a quem o Pai tem cuidado especial”. Importa afirmar com a nossa vida e nossas palavras que pertencemos ao Reino de Jesus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Como é meu seguimento de Jesus Cristo?
Deixo-me dominar pelo medo, amor-próprio, orgulho, vergonha, acomodação e evito testemunhar que pertenço ao Reino?
Ou, sou transparente e confio em Deus que cuida de mim?
Levo o Reino para outras pessoas comunicando a elas do amor e misericórdia de Deus?


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com uma belíssima canção do Pe. Zezinho:
Olhem os lírios do campo
Vejam como eles se vestem.
Nem Salomão que era rei,
Nem Salomão se vestia tão bem.
Olhem as aves que cantam,
Ouçam a sua mensagem.
Nem o maior dos cantores
Canta tão puro e não canta tão bem.
Se o nosso Deus veste os lírios
E alimenta a o cantor pra não perder a voz
Muito mais vai fazer por seus filhos
Nosso Deus não se esquece de nós!


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Disseram os bispos em Aparecida: “O olhar cristão sobre o ser humano permite perceber seu valor que transcende todo o universo: “Deus nos mostrou de modo insuperável como ama cada homem, e com isso confere a ele uma dignidade infinita”(DA 388).




ANO SACERDOTAL – http://2009-10anosacerdotal.blogspot.com