quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Mt 11,11-15 - O precursor do Senhor

Saudação
- A todos nós que nos encontramos neste ambiente virtual,
paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Jesus Mestre, que dissestes:
"Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome,
eu aí estarei no meio deles", ficai conosco, aqui reunidos, pela grande rede da internet,
para melhor meditar e comungar com a vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade: iluminai-nos, para que melhor compreendamos
as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho: fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.
Sois a Vida: transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos
abundantes de santidade e missão.


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto na minha Bíblia: Mt 11,11-15, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Eu afirmo a vocês que isto é verdade: de todos os homens que já nasceram, João Batista é o maior. Porém quem é menor no Reino do Céu é maior do que ele. Desde os dias em que João anunciava a sua mensagem, até hoje, o Reino do Céu tem sido atacado com violência, e as pessoas violentas tentam conquistá-lo. Até o tempo de João, todos os Profetas e a Lei de Moisés falaram a respeito do Reino. E, se vocês querem crer na mensagem deles, João é Elias, que estava para vir. Se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam.
Refletindo
Jesus diz que João é o menor no Reino. Mas diz ainda que ele é Elias. Queria dizer que o fogo do Espírito estava nele e o fazia “correr adiante” , como “precursor” do Senhor que vem. João é mais que um profeta (Lc 7,26). Nele, o Espírito Santo conclui a tarefa de “falar pelos profetas”. Ele é a voz do que vem. E a mensagem de João é forte. Diz que o Reino dos céus é dos violentos. Como? Esta violência entende-se como renunciar às nossas grandezas e tornar-nos pequenos. O próprio Jesus nos ensinou fazendo-se pequeno. “Tornar-se criança” em relação a Deus é a condição para entrar no Reino (Mt 18,3-4). É preciso nascer de novo, “nascer do alto” (Jo 3,7). Assim, João nos prepara para o Natal. E o mistério do Natal realiza-se em nós quando Cristo “toma forma” em nós. (Gl 4,19).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? Como posso concretizar na minha vida esta mensagem de João Batista?
Meditando
Ajudam-me os bispos que, em Aparecida falaram também de conversão: No exercício de nossa liberdade, às vezes recusamos essa vida nova (cf. Jo 5,40) ou não perseveramos no caminho (cf. Hb 3,12-14). Com o pecado, optamos por um caminho de morte. Por isso, o anúncio de Jesus sempre convoca à conversão, que nos faz participar do triunfo do Ressuscitado e inicia um caminho de transformação. “No exercício de nossa liberdade, às vezes recusamos essa vida nova (cf. Jo 5,40) ou não perseveramos no caminho (cf. Hb 3,12-14). Com o pecado, optamos por um caminho de morte. Por isso, o anúncio de Jesus sempre convoca à conversão, que nos faz participar do triunfo do Ressuscitado e inicia um caminho de transformação. (DAp 351).
Vou buscar este caminho através de um sério exame de consciência e do sacramento da reconciliação.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? Faço meu exame de consciência, em espaço maior de tempo, seguindo a sugestão do Pe. Tiago Alberione, no roteiro que segue.
Diz ele: “Então o Coração de Jesus curará o nosso das suas doenças (indiferença, desconfiança, má inclinação, paixões doentias, sentimentos vãos, aspirações humanas...), e o fará bater em uníssono com o seu pela glória de Deus e a paz das pessoas. Nos fará compreender o abismo do nosso nada e a grande elevação em Jesus Cristo”. Nesta época de preparação ao Natal este apelo nos ajuda a fazer um exame de consciência, procurar o sacramento da reconciliação. Esta é uma maneira bastante cristã de celebrar o Natal.
Como fazer o Exame de Consciência?
Padre Alberione indica os seguintes passos:
- Oração inicial:
 Peço graças para fazer bem o exame. Peço a ajuda de Deus para recordar as vezes em que faltei e também, peço força, decisão para me corrigir.
Pode se rezar:
Em nome do Pai, do Filho e  do Espírito Santo.
Trindade  Santíssima - Pai, Filho, Espírito Santo
presente e atuante na Igreja e na profundidade do meu ser,
eu vos adoro, amo e agradeço.
- Agradecimento. Agradeço a Deus por todas as graças recebidas em toda a minha vida. Rezo com São Paulo: 1Tm 1,12-17:
"Dou graças a Cristo Jesus, nosso Senhor, porque, apesar de eu ser antes blasfemador, perseguidor e insolente, me fortaleceu, confiou em mim e me  chamou para seu serviço. Teve compaixão de mim, porque eu errava por ignorância e falta de fé. O Senhor Deus me deu muitas graças, com a fé e o amor de Jesus Cristo...Ao Rei dos séculos, ao Deus único, imortal e invisível, honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém".
- Exame: peço conta de mim mesmo sobre os pensamentos, palavras e ações. Posso me servir da carta de São Paulo aos Coríntios para me examinar,1Cor 13,1-13 (pode ler na própria Bíblia, o texto todo): "O amor é paciente, é amável, o amor não é invejoso nem fanfarrão, não é orgulhoso, não faz coisas inconvenientes, não procura o próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor, não se alegra com a injustiça... tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta(...)" É assim que amo?
-Arrependimento: Peço perdão a Deus, de forma espontânea. Deixo o coração falar ao Pai misericordioso.
Digo como o filho pródigo: "Pai, pequei contra Deus e contra ti. Já não mereço chamar-me teu filho" (Lc 15,18)
- Proponho viver conforme à vontade de Deus. Rezo o Pai Nosso. (empenho-me por me confessar e receber o sacramento da reconciliação).
Jesus Mestre, a tua vida é preceito, caminho, segurança única, verdadeira, infalível.
O Presépio, Nazaré, o Calvário, tudo é um caminho de amor ao Pai, de pureza
infinita, de amor às pessoas, ao Sacrifício...
Faze com que eu a conheça, faze com que eu coloque, a cada momento, o meu pé sobre as tuas pegadas.(...) O caminho largo não é teu: Jesus, eu ignoro todo caminho não indicado por ti. Aquilo que Tu queres, eu quero.


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Vou agir conforme o Projeto de Jesus Mestre para mim. Vou viver todos os dias de minha vida como uma pessoa reconciliada.

Bênção 

O Senhor te abençoe e te guarde!
O Senhor te mostre a sua face e compadeça de ti.
O Senhor volva seu rosto para ti e te dê a Paz!
O Senhor te abençoe!
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Irmã Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br

Nenhum comentário: