domingo, 22 de março de 2015

Jo 12,20-33 - Queremos ver Jesus!

Preparo-me para este momento
de Leitura Orante da Palavra, rezando com toda a Igreja:

- Vinde, ó Deus, em meu auxílio.
- Socorrei-me sem demora.
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
- Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Hino
Humildes, ajoelhados
na prece que a fé inspira,
ao justo Juiz roguemos
que abrande o rigor da ira.

Ferimos por nossas culpas
o vosso infinito amor.
A vossa misericórdia
do alto infundi, Senhor.

Nós somos, embora frágeis,
a obra de vossa mão;
a honra do vosso nome
a outros não deis, em vão.

Senhor, destruí o mal,
fazei progredir o bem;
possamos louvar-vos sempre,
e dar-vos prazer também.

Conceda o Deus Uno e Trino,
que a terra e o céu sustém,
que a graça da penitência
dê frutos em nós. Amém.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
“Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor, ao nos chamar e nos eleger, nos confiou.” (DAp,18).
Assim, invocamos as luzes do Espírito Santo, para este momento:
Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.
Leio atentamente, na Bíblia,  o texto: Jo 12,20-33
Entre o povo que tinha ido a Jerusalém para tomar parte na festa, estavam alguns não-judeus. Eles foram falar com Filipe, que era da cidade de Betsaida, na Galiléia, e pediram: Senhor, queremos ver Jesus. Filipe foi dizer isso a André, e os dois foram falar com Jesus. Então ele respondeu: Chegou a hora de ser revelada a natureza divina do Filho do Homem. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se um grão de trigo não for jogado na terra e não morrer, ele continuará a ser apenas um grão. Mas, se morrer, dará muito trigo. Quem ama a sua vida não terá a vida verdadeira; mas quem não se apega à sua vida, neste mundo, ganhará para sempre a vida verdadeira.Quem quiser me servir siga-me; e, onde eu estiver, ali também estará esse meu servo. E o meu Pai honrará todos os que me servem. Jesus continuou: Agora estou sentindo uma grande aflição. O que é que vou dizer? Será que vou dizer: Pai, livra-me desta hora de sofrimento? Não! Pois foi para passar por esta hora que eu vim. Pai, revela a tua presença gloriosa!
Então do céu veio uma voz, que dizia: Eu já a revelei e a revelarei de novo. A multidão que estava ali ouviu a voz e dizia que era um trovão. Outros afirmavam que um anjo tinha falado com Jesus. Mas ele disse: Não foi por minha causa que veio esta voz, mas por causa de vocês. Chegou a hora de este mundo ser julgado, e aquele que manda nele será expulso. E, quando eu for levantado da terra, atrairei todas as pessoas para mim. Ele dizia isso para indicar de que maneira ia morrer.
Os não-judeus que falam com Filipe pedindo para ver Jesus, eram considerados pagãos. "Ver", na linguagem do evangelista João, significa muito mais que ver e visitar. É estar junto, conviver, seguir. Filipe e André apresentam o pedido dos pagãos a Jesus. Este, por sua vez, em resposta,  faz este magnífico discurso com frases breves, trazendo a imagem do grão de trigo, as exigências do seguimento, o anúncio de sua "hora", a aflição que sente. Fala também de sua relação com o Pai e, até, num momento profundo faz uma pequena oração ao Pai: "Pai, revela a tua presença!" E o Pai, que está sempre presente, responde, confirmando que está aí. A multidão chega a confundir a voz do Pai com um trovão. Alguns diziam que um anjo tinha falado com Jesus. O Mestre diz, então, que "chegou a hora" e que, quando "for levantado da terra" atrairá todos a si, inclusive os considerados pagãos. Ser levantado da terra significava ser pregado na cruz. Os não-judeus, chamados "gregos" em algumas traduções, não só viram Jesus, mas também eles tiveram a certeza de que são atraidos, convocados por Jesus para o Reino.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Jesus me fala de  seguimento. Seguir Jesus é optar pelo caminho da vida. É ser atraído por Ele e estar sempre na presença do Pai.
Os bispos, em Aparecida, na V Conferência, nos lembraram dois caminhos. Um caminho de vida e outro de morte. "Hoje se considera escolher entre caminhos que conduzem à vida ou caminhos que conduzem à morte (cf. Dt 30.15). Caminhos de morte são os que levam a dilapidar os bens que recebemos de Deus através daqueles que nos precederam na fé. São caminhos que traçam uma cultura sem Deus e sem seus mandamentos ou inclusive contra Deus, animada pelos ídolos do poder, da riqueza e do prazer efêmero, a qual termina sendo uma cultura contra o ser humano e contra o bem dos povos latino-americanos. Os caminhos de vida verdadeira e plena para todos, caminhos de vida eterna, são aqueles abertos pela fé que conduzem à “plenitude de vida que Cristo nos trouxe: com esta vida divina, também se desenvolve em plenitude a existência humana, em sua dimensão pessoal, familiar, social e cultural”.  Essa é a vida que Deus nos participa por seu amor gratuito, porque “é o amor que dá a vida” ( DAp 13).
Para viver a Palavra:
Senhor nosso Deus,
dai-nos por vossa graça caminhar com alegria na mesma caridade que
levou o vosso Filho a entregar-se à morte no seu amor pelo mundo.
Por nosso Senhor Jesus
Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

3.Oração (Vida)
Agora, com toda a Igreja, rezamos:
Oração da CF 2015
Ó Pai, Alegria e esperança de vosso povo,
vós conduzis a Igreja, servidora da vida,
nos caminhos da história.
A exemplo de Jesus Cristo
e ouvindo sua palavra
que chama à conversão,
seja vossa Igreja testemunha viva de
fraternidade
e de liberdade, de justiça e de paz.
Enviai o vosso Espírito da verdade
para que a sociedade se abra
à aurora de um mundo justo e solidário,
sinal do Reino que há de vir.
Por Cristo Senhor nosso.
Amém!

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Com os olhos iluminados pela luz da Palavra podemos e queremos ver Jesus no hoje, na nossa história, na nossa vida pessoal, familiar, comunitária, eclesial.
Frase para memorizar e lembrar várias vezes durante o dia, como uma oração: "Queremos ver Jesus",

Bênção
O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.
Em nome do Pai,....

I. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br