terça-feira, 20 de outubro de 2015

Lc 12,35-38 - Preparados com as lamparinas acesas

Saudação
- A todos nós que nos encontramos neste ambiente virtual,
a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Oração da manhã
Bom dia, Senhor Deus e Pai! 
A ti, nossa gratidão pela vida que desperta, 
pelo calor que cria vida, 
pela luz que abre os nossos olhos. 
Nós te agradecemos por tudo que forma nossa vida, 
pela terra, pela água, pelo ar, pelas pessoas. 
Inspira-nos com teu Espírito Santo os pensamentos que vamos alimentar, 
as palavras que vamos dizer, 
a comunicação que vamos realizar. 
Abençoa as pessoas que nós encontrarmos, 
os alimentos que vamos tomar. 
Abençoa os passos que nós dermos, o trabalho que devemos fazer. 
Abençoa, Senhor, as decisões que vamos tomar, 
a esperança que vamos promover, 
a paz que vamos semear, 
a fé que vamos viver, 
o amor que vamos partilhar. 
Ajuda-nos, Senhor, a não fugir diante das dificuldades, 
mas a abraçar com amor as pequenas cruzes deste dia. 
Queremos estar contigo, Senhor, no inicio, durante e no fim deste dia. 
Amém. 

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na minha Bíblia, o texto: Lc 12,35-38, e observo o ensinamento de Jesus nesta parábola.
E Jesus disse ainda:
- Fiquem preparados para tudo: estejam com a roupa bem presa com o cinto e conservem as lamparinas acesas. Sejam como os empregados que esperam pelo patrão, que vai voltar da festa de casamento. Logo que ele bate na porta, os empregados vão abrir. Felizes aqueles empregados que o patrão encontra acordados e preparados! Eu afirmo a vocês que isto é verdade: o próprio patrão se preparará para servi-los, mandará que se sentem à mesa e ele mesmo os servirá. Eles serão felizes se o patrão os encontrar alertas, mesmo que chegue à meia-noite ou até mais tarde.
Refletindo
Jesus Mestre exorta à vigilância, a estar preparados. O israelita se cinge e prende a barra da túnica talar para caminhar, para trabalhar. Estar cingido é estar pronto, disponível. Conservar a lamparina acesa significa que a cena acontece à noite. O evangelista Lucas apresenta o patrão como alguém que foi convidado e volta da festa de casamento. E apresenta uma atitude inesperada. Ao retornar, a qualquer hora – meia noite ou depois - o patrão, encontrando os empregados acordados, vai servi-los à mesa. Duas vezes ele diz que os empregados serão “felizes”.Este banquete é figura do banquete do céu.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Entro em diálogo com o texto. Reflito e atualizo. O que o texto me diz no momento?
O bem-aventurado Alberione dizia que se sentiu “obrigado a se preparar para fazer alguma coisa por Deus e pelas pessoas do novo século”. Sou uma pessoa que sempre tem algo a aprender, uma pessoa que se prepara, atenta, vigilante, no sentido de estar sempre aguardando as manifestações de Deus, suas “chegadas”, sua “presença”, o “banquete” que me serve através de tantas formas: a Palavra, a Eucaristia, uma palavra amiga, um momento de oração e até, de provação?
Meditando
Os bispos nos lembram: O encontro com Cristo, graças à ação invisível do Espírito Santo, realiza-se na fé recebida e vivida na Igreja. Com as palavras do papa Bento XVI repetimos com certeza: “A Igreja é nossa casa! Esta é nossa casa” Na Igreja católica temos tudo o que é bom, tudo o que é motivo de segurança e de consolo! Quem aceita a Cristo: Caminho, Verdade e Vida, em sua totalidade, tem garantida a paz e a felicidade, nesta e na outra vida!” (DAp 146).


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Oração ao Espírito Santo
 Espírito Santo, que procede do Pai e do Filho,
tu estás em mim,
falas em mim,
rezas em mim,
ages em mim.
Ensina-me a fazer espaço à tua Palavra,
à tua oração,
à tua ação em mim
para que eu possa conhecer
o mistério da vontade do Pai.  Amém.


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Vou assumir uma atitude de prontidão e atenção às manifestações de Deus.


Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Irmã Patrícia silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br