terça-feira, 28 de junho de 2016

Mt 8,23-27 - Qual é o tamanho de minha fé?

Preparo-me para a Leitura, renovando minha fé e invocando o Espírito Santo para
 todos os que neste espaço virtual buscam a Palavra:


Ó Espírito Santo, amor do Pai e do Filho!


Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar,

aquilo que devo dizer,

como eu devo dizê-lo,

aquilo que devo calar,
aquilo que devo escrever,
como eu devo fazer,
aquilo que devo fazer, para procurar
a vossa glória, o bem das pessoas e minha própria santificação.
Ó Jesus, toda a minha confiança está em Vós.

(Cardeal Mercier)

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia,  o texto: Mt 8,23-27.
Jesus subiu num barco, e os seus discípulos foram com ele. De repente, uma grande tempestade agitou o lago, de tal maneira que as ondas começaram a cobrir o barco. E Jesus estava dormindo. Os discípulos chegaram perto dele e o acordaram, dizendo:
- Socorro, Senhor! Nós vamos morrer!
- Por que é que vocês são assim tão medrosos? - respondeu Jesus. - Como é pequena a fé que vocês têm!
Ele se levantou, falou duro com o vento e com as ondas, e tudo ficou calmo. Então todos ficaram admirados e disseram:
- Que homem é este que manda até no vento e nas ondas?!
Refletindo
Este fato narra um momento de crise dos discípulos de Jesus. Estão num barco e vem uma tempestade. As ondas aumentam e começam a cobrir o barco. Jesus dormia. Os discípulos ficaram apavorados ao ponto de chegar a acordar o Mestre e pedir-lhe socorro. Tinham medo de morrer. Jesus acorda e lhes diz: “ Por que é que vocês são assim tão medrosos? Como é pequena a fé que vocês têm!” Depois, falou energicamente com o vento e a ondas que se acalmaram. Todos se admiraram e se perguntavam: “Quem é este que manda até no vento e nas ondas?” Esta experiência mediu o grau de maturidade e de fé dos discípulos. Deveriam crescer muito.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim? Questiono minha fé que às vezes é muito pequena.
Os bispos, na Conferência de Aparecida, disseram que há sombras na história da Igreja, mas o mais importante a se observar é a ação de Deus nesta história:
Meditando
“Certamente que a recordação de um passado glorioso não pode ignorar as sombras que acompanharam a obra de evangelização do continente latino-americano: não é possível esquecer os sofrimentos e as injustiças que infligiram os colonizadores às populações indígenas, pisoteadas em seus
direitos humanos fundamentais. Mas, a obrigatória menção desses crimes injustificáveis – já condenados por missionários como Bartolomeu de las Casas e por teólogos como Francisco de Vitória, da Universidade de Salamanca – não deve impedir de reconhecer com gratidão a admirável obra realizada pela graça divina entre essas populações ao longo destes séculos”.(...) No entanto, o mais decisivo na Igreja é sempre a ação santa de seu Senhor." (DAp 7).
Como encaro as tempestades e crises na minha vida? Confio em Deus? Acredito que Deus está na minha barca e pode me salvar? Ou sou uma pessoa medrosa, insegura, com a fé infantil, imatura? Confio mais em minhas forças do que na graça de Deus?

4.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? Rezo, pedindo ao Senhor que aumente a minha fé:
“Creio Senhor, mas aumentai a minha fé

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou viver com mais convicção minha fé, na certeza de que o Mestre está sempre na minha “barca”.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br




Nenhum comentário: