segunda-feira, 9 de maio de 2016

Jo 16,29-33 - Tenham coragem!

Estamos na Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 
de 08 a 15 de maio 2016
Tema: Proclamar os altos feitos do Senhor
(João 4,7)
Preparo-me para a Leitura Orante fazendo com todos os internautas a oração:

Para pedir o Espírito Santo
Coordenador : Espírito Santo, Dom do Pai no seu Filho Jesus Cristo, permanece em nós, abre nossos
corações e torna-nos atentos a tua voz.
Assembleia : Espírito Santo, vem sobre nós.
C : Espírito Santo, Divino Amor, fonte de unidade e de santidade, mostra-nos o amor do Pai.
A : Espírito Santo, vem sobre nós.
C : Espírito Santo, Fogo de Amor, purifica-nos fazendo desaparecer toda divisão dos nossos corações, de nossas comunidades e do mundo, para que sejamos um em nome de Jesus.
A : Espírito Santo, vem sobre nós.
C : Espírito Santo, fortalece nossa fé em Jesus, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, Ele que carregou nossos pecados de divisões até a cruz e nos conduziu à comunhão por sua Ressurreição.
A : Espírito Santo, vem sobre nós.
C : Pai, Filho e Espírito Santo, permanecei em nós para nos transformar em comunhão de amor e de santidade. Que sejamos um em Vós, que viveis e reinais nos séculos dos séculos.
A : Amém.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia,  o texto: Jo 16,29-33, e observo os discípulos dialogando com Jesus.
Então os seus discípulos disseram:
- Agora, sim, o senhor está falando claramente e não por meio de comparações. Sabemos agora que o senhor conhece tudo e não precisa que ninguém lhe faça perguntas. Por isso nós cremos que o senhor veio de Deus.
E Jesus respondeu:
- Então agora vocês creem? Pois chegou a hora de vocês todos serem espalhados, cada um para a sua casa; e assim vão me deixar sozinho. Mas eu não estou só, pois o Pai está comigo. Eu digo isso para que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz. No mundo vocês vão sofrer; mas tenham coragem. Eu venci o mundo.
Refletindo
Os ensinamentos de Jesus estão sendo assimilados aos poucos pelos discípulos. O Mestre sabe que, apesar disso, os seus mais próximos seguidores, se dispersarão, o abandonarão na hora mais decisiva de sua vida, a sua Paixão. Os discípulos entendem intelectualmente, mas na hora de demonstrar isto, na prática, abandonam Jesus. Mas, Ele, prevendo esta fraqueza, os anima, dizendo-lhes que mesmo na deserção dos amigos, Deus não o abandonará: “O Pai está comigo”. E adianta-lhes: “vocês vão sofrer, mas tenham coragem. Eu venci o mundo”.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Às vezes, também eu entendo a proposta de Jesus, sei quais são os caminhos de Deus, mas não os consigo viver no dia a dia. Quero renovar a fé de que “o Pai está comigo” e, ciente de que Jesus venceu, eu também terei a vitória sobre qualquer mal. 
Meditando
Penso também, com os bispos na Conferência de Aparecida, na unidade dos cristãos: Os discípulos de Jesus são chamados a viver em comunhão com o Pai (1 Jo 1,30 e com seu Filho morto e ressuscitado, na “comunhão no Espírito Santo” (1 Cor 13,13). O mistério da Trindade é a fonte, o modelo e a meta do mistério da Igreja: “um povo reunido pela unidade do Pai do Filho e do Espírito”, chamado em Cristo “como sacramento ou sinal e instrumento da íntima união com Deus e da unidade de todo o gênero humano”. A comunhão dos fiéis e das Igrejas locais do Povo de Deus se sustenta na comunhão com a Trindade.” (DAp 155).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, e concluo com a Oração de esperança
C : Como filhos de Deus, conscientes da nossa dignidade e da nossa missão, façamos subir nossas orações, confirmando nosso desejo de ser para Deus um povo santo.
C : Pai amadíssimo, transforma nossos corações, nossas famílias, nossas comunidades e
nossa sociedade.
A : Tornai-nos todos santos e um em Cristo.
C : Fonte de vida, sacia a sede da qual sofre nossa sociedade : sede de dignidade, de amor, de comunhão e de santidade.
A : Torna-nos todos santos e um em Cristo.
C : Espírito Santo, Espírito de alegria e de paz, cura as divisões que um mal uso do poder e do dinheiro gera em nós, e reconcilia-nos nas nossas diversidades de culturas e de línguas. Como filhos de Deus, realiza a nossa unidade.
A : Torna-nos todos santos e um em Cristo.
C : Trindade de amor, ajuda-nos a passar das trevas à tua maravilhosa luz.
A : Torna-nos todos santos e um em Cristo.
C : Senhor Jesus Cristo, pelo batismo, nos tornamos um contigo. Por isso, unimos a nossa oração a tua, retomando as palavras que tu mesmo nos ensinaste:
A : Pai Nosso ...

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar, como o da minha Igreja, é ecumênico: "A compreensão e a prática da eclesiologia de comunhão nos conduz ao diálogo ecumênico. A relação com os irmãos e irmãs batizados de outras Igrejas e comunidades eclesiais é um caminho irrenunciável para o discípulo e missionário, pois a falta de unidade representa um escândalo, um pecado e um atraso do cumprimento do desejo de Cristo: "para que todos sejam um, como tu, Pai,estás em mim e eu em ti. E para que também eles estejam em nós, a fim de que o mundo acredite que tu me enviaste" (Jo 17,21) (DAp 227).

Bênção Ecumênica
Partilha da Paz
C : Jesus disse :
Vós sois o sal da terra.
Vós sois a luz do mundo.
Que a vossa luz brilhe diante dos outros,
a fim de que vendo vossas boas obras, eles glorifiquem o vosso Pai
que está no céu.
Sejam o sal da terra.
Sejam a luz do mundo.
Que a paz do Senhor esteja sempre convosco.
A : E com teu espírito.
C : Demo-nos um sinal de paz.
   
Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br