domingo, 26 de junho de 2016

Lc 9,51-62 - Quem começa a arar a terra e olha para trás não serve para o Reino de Deus

Preparo-me para a Leitura, agradecendo, 
com todos os que neste espaço virtual buscam a Palavra:
Agradeço-te, meu Deus,
porque me chamaste,
tirando-me das minhas ocupações do dia-a-dia,
muitas vezes difíceis e pesadas,
para aqui me encontrar contigo.
Dispõe o meu coração na paz e na humildade
para poder ser por ti encontrado/a e ouvir a tua Palavra.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Lc 9,51-62
Como estava chegando o tempo de Jesus ir para o céu, ele resolveu ir para Jerusalém. Então mandou que alguns mensageiros fossem na frente. No caminho eles entraram em um povoado da região de Samaria a fim de prepararem um lugar para ele. Mas os moradores dali não quiseram receber Jesus porque viram que ele estava indo para Jerusalém. Quando os seus discípulos Tiago e João viram isso, disseram:
- O senhor quer que a gente mande descer fogo do céu para acabar com estas pessoas?
Porém Jesus, virando-se para eles, os repreendeu. Então ele e os seus discípulos foram para outro povoado.
Quando Jesus e os discípulos iam pelo caminho, um homem disse a Jesus:
- Eu estou pronto a seguir o senhor para qualquer lugar onde o senhor for.
Então Jesus disse:
- As raposas têm as suas covas, e os pássaros, os seus ninhos. Mas o Filho do Homem não tem onde descansar.
Aí ele disse para outro homem:
- Venha comigo.
Mas ele respondeu:
- Senhor, primeiro deixe que eu volte e sepulte o meu pai.
Jesus disse:
- Deixe que os mortos sepultem os seus mortos. Mas você vá e anuncie o Reino de Deus.
Outro homem disse:
- Eu seguirei o senhor, mas primeiro deixe que eu vá me despedir da minha família.
Jesus respondeu:
- Quem começa a arar a terra e olha para trás não serve para o Reino de Deus.
Refletindo
Este texto apresenta dois fatos diferentes, mas que têm certa conexão. Primeiro, Jesus não é acolhido na Samaria. Depois, algumas pessoas dizem querer estar com ele, segui-lo por onde for. Jesus lhes fala de algumas exigências:
- o Filho do Homem é pobre: "não tem onde reclinar a cabeça";
- Outro disse até que seguiria Jesus, mas depois que seu pai morresse. Jesus lhe diz que não se preocupe com isso, mas que venha anunciar o Reino,
- Outro queria despedir-se da família. A este Jesus lhe diz que quem começa a segui-lo e volta para trás não serve para o Reino de Deus.
Duas pessoas tomam iniciativa de seguir Jesus. Outra, é chamada. Nos três casos, exigem-se prontidão, decisão, renúncia e desprendimento. É a cruz que se abraça com o Mestre.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim?
Refletindo
Os bispos, na Conferência de Aparecida, disseram:
"Diante do subjetivismo hedonista, Jesus propõe entregar a vida para ganhá-la, porque "quem aprecia sua vida terrena, perdê-la-á" (Jo 12,25). É próprio do discípulo de Jesus gastar sua vida como sal da terra e luz do mundo. Diante do individualismo, Jesus convoca a viver e caminhar juntos. A vida cristã só se aprofunda e se desenvolve na comunhão fraterna. Jesus nos disse "um é seu mestre e todos vocês são irmãos" (Mt 23,8). Diante da despersonalização, Jesus ajuda a construir identidades integradas. A própria vocação, a própria liberdade e a própria originalidade são dons de Deus para a plenitude e a serviço do mundo." (DAp 110-11).

3. Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? Rezo a oração
Senhor,
que o rebanho
não pereça por falta de pastores.
Sustenta a fidelidade
dos nossos bispos,
padres e ministros.
Dá perseverança
aos nossos seminaristas.
Desperta o coração
dos nossos jovens
para o ministério pastoral

na tua Igreja.
Amém.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?Diante da vocação à qual sou chamado/a, procurarei ter atitudes coerentes, de decisão por Jesus Cristo e sua causa.
Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br