quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Mt 7,21.24-27 – Quem entrará no Reino do Céu?

Saudação
- A todos nós que nos encontramos neste ambiente virtual,
 paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Oração ao Espírito Santo
Ó Espírito Santo, dai-me um coração grande, aberto à vossa silenciosa e forte palavra inspiradora, fechado a todas as ambições mesquinhas, alheio a qualquer desprezível competição humana, compenetrado do sentido da santa Igreja! Um coração grande, desejoso de tornar-se semelhante ao Coração do Senhor Jesus! Um coração grande e forte para amar todos, para servir a todos, para sofrer por todos! Um coração grande e forte para superar todas as provações, todo tédio, todo cansaço, toda desilusão, toda ofensa! Um coração grande e forte, constante até o sacrifício, se for necessário! Um coração cuja felicidade é palpitar com o Coração de Cristo e  cumprir, humildemente a vontade do pai. Amém.
Papa Paulo VI

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto e observo pessoas, palavras, relações, lugares. Mt 7,21.24-27
Não é toda pessoa que me chama de "Senhor, Senhor" que entrará no Reino do Céu, mas somente quem faz a vontade do meu Pai, que está no céu.
- Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha.
- Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída.
Refletindo
Não basta rezar ou chamar a Deus de Senhor para entrar no seu Reino. Jesus diz com exclusividade: “somente” quem faz a vontade do Pai é que entra neste Reino. O Mestre conta a parábola da casa construída sobre a rocha e da casa construída sobre a areia. 
Construir a  casa significa ouvir a Palavra de Deus. Nos dois casos, as pessoas “ouviram a Palavra”. A diferença está em que um “vive de acordo com os ensinamentos” e outro, não. 
Os símbolos rocha e areia  correspondem à prática ou não da Palavra. 
A chuva, as enchentes e o vento forte representam as dificuldades da vida, que querem nos derrubar e destruir o Projeto de Deus. 
A  casa construída sobre a rocha, é firme, inabalável, vence todos os obstáculos.
 
2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?  

Meditando
Os bispos da  América Latina nos ajudam a refletir sobre o nosso compromisso com o Reino: O projeto de Jesus é instaurar o Reino de seu Pai. Por isso, pede a seus discípulos: “Proclamem que está chegando o Reino dos céus!” (Mt 10,7). Trata-se do Reino da vida. Porque a proposta de Jesus Cristo a nossos povos, o conteúdo fundamental desta missão, é a oferta de uma vida plena para todos. Por isso, a doutrina, as normas, as orientações éticas e toda a atividade missionária das Igrejas, deve deixar transparecer esta atrativa oferta de uma vida mais digna, em Cristo, para cada homem e para cada mulher da América Latina e do Caribe.” (DAp 361). 

3.Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus?  Rezo em silêncio e depois concluo com o bem-aventurado  Alberione:

Jesus Mestre,

A tua vida é preceito, caminho,

segurança única, verdadeira, infalível.
O Presépio, Nazaré, o Calvário,
tudo é caminho de amor ao Pai,
de pureza infinita, de amor às pessoas,
ao Sacrifício...
Faze com que eu te  conheça,
que eu coloque, a cada momento,
o meu pé sobre as tuas pegadas.(...)
 
4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Quero colocar em prática a Palavra que ouvi.
Bênção
Ó Deus cheio de bondade e amor,
concedei a vossos fiéis o ardente desejo de possuir o reino celeste,
para que, acorrendo com as nossas boas obras ao encontro do Cristo que vem,
sejamos reunidos à sua direita na comunidade dos justos.
Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br