sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Mt 9,27-31 - Olhos iluminados

- A todos nós que nos encontramos neste ambiente virtual,
paz de Deus, nosso Pai, 
 a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo, 
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!


Preparo-me para a Leitura, rezando

em união com todos que se encontram neste ambiente virtual.
Iniciamos nossa Leitura Orante do Advento, com a

Canção do Advento


Ó vem, Senhor, não tardes mais! 

Vem saciar nossa sede de Paz!   

  1.   Ó vem, como chega a brisa do vento, 
Trazendo aos pobres justiça e bom tempo!  


2.   Ó vem, como a chuva no chão   

Trazendo fartura de vida e de pão!  


3.   Ó vem, como chega a luz que faltou   

Só tua palavra nos salva Senhor!  


4.   Ó vem, como chega a carta querida   

Bendito carteiro do Reino da Vida!  


5.   Ó vem, como chega o filho esperado   

Caminha conosco Jesus Bem amado!  


6.   Ó vem, como chega o Libertador   

Das mãos do inimigo nos salva Senhor

Veja a melodia desta canção neste blog ao lado.


1. Leitura (Verdade)

O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto Mt 9,27-31 e observo pessoas, palavras, relações, lugares.
Jesus saiu daquele lugar, e no caminho dois cegos começaram a segui-lo, gritando:
- Filho de Davi, tenha pena de nós!
Assim que Jesus entrou em casa, os cegos chegaram perto dele. Então ele perguntou:
- Vocês creem que eu posso curar vocês?
- Sim, senhor! Nós cremos! - responderam eles.
Jesus tocou nos olhos deles e disse:
- Então que seja feito como vocês creem!
E os olhos deles ficaram curados. Aí Jesus ordenou com severidade:
- Não contem isso a ninguém!
Porém eles foram embora e espalharam as notícias a respeito de Jesus por toda aquela região.


Refletindo

Jesus cura, devolvendo a vista aos dois cegos. Ficam livres da escuridão. Tornar a ver significa ser capaz de perceber as coisas, o mundo, as pessoas. Seus olhos ficam iluminados. Isto significa ter discernimento. Um detalhe interessante é que Jesus diz a eles: “seja feito como vocês creem!” A visão e o discernimento dependem da fé.


2. Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim, hoje? Tenho alguma cegueira? Preciso crescer no discernimento? Enxergar mais? Preciso de mais fé? 
Meditando
Os bispos, na Conferência de Aparecida falaram da alegria da fé que ilumina nossos olhos: “Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor, ao nos chamar e nos eleger, nos confiou. Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado podemos e queremos contemplar o mundo, a história, os nossos povos." (DAp 18).
O que o texto me diz no momento? É pela fé que compreendo e vivo as coisas de Deus.

3.Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus? Faço minha oração pessoal e rezo a Maria com o papa Francisco:

Virgem e Mãe Maria,
Vós que, movida pelo Espírito,
acolhestes o Verbo da vida
na profundidade da vossa fé humilde,
totalmente entregue ao Eterno,
ajudai-nos a dizer o nosso «sim»
perante a urgência, mais imperiosa do que nunca,
de fazer ressoar a Boa Nova de Jesus.
Vós, cheia da presença de Cristo,
levastes a alegria a João o Batista,
fazendo-o exultar no seio de sua mãe.
Vós, estremecendo de alegria,
cantastes as maravilhas do Senhor.
Vós, que permanecestes firme diante da Cruz
com uma fé inabalável,
e recebestes a jubilosa consolação da ressurreição,
reunistes os discípulos à espera do Espírito
para que nascesse a Igreja evangelizadora.
Alcançai-nos agora um novo ardor de ressuscitados
para levar a todos o Evangelho da vida
que vence a morte.
Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos
para que chegue a todos
o dom da beleza que não se apaga.
Vós, Virgem da escuta e da contemplação,
Mãe do amor, esposa das núpcias eternas
intercedei pela Igreja, da qual sois o ícone puríssimo,
para que ela nunca se feche nem se detenha
na sua paixão por instaurar o Reino.
Estrela da nova evangelização,
ajudai-nos a refulgir com o testemunho da comunhão,
do serviço, da fé ardente e generosa,
da justiça e do amor aos pobres,
para que a alegria do Evangelho
chegue até aos confins da terra
e nenhuma periferia fique privada da sua luz.
Mãe do Evangelho vivente,
manancial de alegria para os pequeninos,
rogai por nós.
Amém. Aleluia!
(da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium)


4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual meu novo olhar a partir da Palavra? Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado posso e quero contemplar o mundo, a história, as pessoas.

Bênção

Ó Deus cheio de bondade e amor,
concedei a vossos fiéis o ardente desejo de possuir o reino celeste,
para que, acorrendo com as nossas boas obras ao encontro do Cristo que vem,
sejamos reunidos à sua direita na comunidade dos justos.
Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br