sexta-feira, 19 de maio de 2017

Jo 15,12-17 - "Amem-se uns aos outros"

Amigos!
Preparando-nos para a Leitura Orante,
com todos os que fazem este caminho,
damos graças a Deus que nos deu o dom da Palavra, 
com a qual podemos nos comunicar entre nós e com Ele por meio de seu Filho,
que é sua Palavra (cf. Jo 1,1).
Damos graças a Ele que, por seu grande amor,
fala a nós como a amigos (cf. Jo 15,14-15). (DAp 26).
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Jo 15,12-17.
O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu amo vocês. 
Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles. 
Vocês são meus amigos se fazem o que eu mando. 
Eu não chamo mais vocês de empregados, pois o empregado não sabe o que o seu patrão faz;
mas chamo vocês de amigos, 
pois tenho dito a vocês tudo o que ouvi do meu Pai. 
Não foram vocês que me escolheram; 
pelo contrário, fui eu que os escolhi para que vão e deem fruto e que esse fruto não se perca. 
Isso a fim de que o Pai lhes dê tudo o que pedirem em meu nome. 
O que eu mando a vocês é isto: 
amem uns aos outros.

Refletindo
Como discípulo/a devo viver o mandamento de Jesus Cristo: o amor.
Jesus fala do maior amor.
Quem ama muito é capaz de dar a vida. É também, amigo. Não se considera superior aos demais.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? Quem é amigo?

Meditando
Os bispos, na Conferência de Aparecida, lembraram as características do amigo de Jesus:
“O amigo escuta a Jesus, conhece ao Pai e faz fluir sua Vida (Jesus Cristo) na própria existência (cf. Jo 15,14), marcando o relacionamento com todos (cf. Jo 15,12). O “irmão” de Jesus (cf. Jo 20,17) participa da vida do Ressuscitado, Filho do Pai celestial, porque Jesus e seu discípulo compartilham a mesma vida que procede do Pai: Jesus, por natureza (cf. Jo 5,26; 10,30) e o discípulo, por participação (cf. Jo 10,10). A conseqüência imediata deste tipo de vínculo é a condição de irmãos que os membros de sua comunidade adquirem.”(DAp 132).
Seguimos este processo em nossa comunidade?

3. Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, pedindo a graça de ser um bom amigo de Jesus.
Senhor, muito obrigado porque me escolheste para ser teu amigo.
Obrigado porque me escolheste para que eu produza frutos bons.
Agradeço-te por me chamar de “amigo”.
Minha gratidão é também  pelos segredos do Pai que me revelaste.
Peço-te a graça de fazer fluir a tua Vida na minha vida.
Que esta tônica marque todos os meus relacionamentos,
hoje e sempre. Amém.


  4. Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar, será direcionado para fazer fluir através de todo meu ser a Vida de Jesus Cristo.
Palavras de Jesus que lembrarei para viver coerentemente minha fé: "Chamo você de amigo".

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br

Nenhum comentário: