sábado, 22 de abril de 2017

Mc 16,9-15 – Jesus ressuscitado aparece aos discípulos e os envia em missão

Preparo-me para a Leitura Orante, rezando:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Vem Santo Espírito, amor do Pai e do Filho.
Vem à minha mente, à minha vontade, ao meu coração.
Abre-me à coragem da verdade.
Dá-me a força para deixar-me tocar
e renovar profundamente por Jesus, Palavra do Pai. Amém.

1. Leitura (Verdade)
- O que a Palavra diz?
Leio atentamente, na Bíblia,  o Evangelho do Dia: Mc 16,9-15.
Jesus ressuscitou no domingo bem cedo e apareceu primeiro a Maria Madalena, de quem havia expulsado sete demônios. Ela foi contar isso aos companheiros de Jesus, pois eles estavam tristes e chorando. Quando a ouviram dizer que Jesus estava vivo e que tinha aparecido a ela, eles não acreditaram.
Depois disso Jesus se apresentou com outra aparência a dois discípulos que iam caminhando para o campo. Eles voltaram e foram contar isso aos outros discípulos, e estes não acreditaram no que os dois disseram.
Por último Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto eles estavam à mesa, comendo. Ele os repreendeu por não terem fé e por teimarem em não acreditar no que haviam contado os que o tinham visto ressuscitado. Então ele disse:
- Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas.

Refletindo
Como foi difícil o amadurecimento na fé para os discípulos! Maria Madalena deu testemunho da Ressurreição aos discípulos. Mas, o preconceito ao testemunho de uma mulher não os convenceu. Permaneceram na incredulidade. Preferiram permanecer na decepção, na tristeza, na dor da ausência do Mestre. Depois, Jesus apareceu aos dois discípulos que caminhavam para Emaús. Eles voltaram a Jerusalém, com o coração “aquecido” e testemunharam a ressurreição do Mestre. Nem assim o grupo dos discípulos acreditou. Parecia que a comunidade estava fechada, impermeável à verdade. Finalmente, Jesus apareceu aos onze, durante uma refeição. Ali também Tomé duvidou. Primeiro, Jesus os repreendeu por não terem fé. Após esta chamada de atenção, seguiu-se o mandato para levar adiante a missão de proclamar ao mundo inteiro que Jesus está vivo e caminha ao nosso lado.

2. Meditação (Caminho)
- O que a Palavra diz para mim? Sou também resistente às verdades da fé? 

Meditando
Como vivo o mandato de testemunhar minha fé? Neste testemunho, os bispos lembram o papel do discípulo: Ao chamar aos seus para que o sigam, Jesus lhes dá uma missão muito precisa: anunciar o evangelho do Reino a todas as nações (cf. Mt 28,19; Lc 24,46-48). Por isto, todo discípulo é missionário, pois Jesus o faz partícipe de sua missão ao mesmo tempo que o vincula a Ele como amigo e irmão. Desta maneira, como Ele é testemunha do mistério do Pai, assim os discípulos são testemunhas da morte e ressurreição do Senhor até que Ele retorne. Cumprir esta missão não é uma tarefa opcional, mas parte integrante da identidade cristã, porque é a difusão testemunhal da própria vocação.” (DAp 144).

3. Oração (Vida)
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus? Rezo com Maria, a Mãe de Jesus, as alegrias da Ressurreição.
- Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia!
- Porque quem merecestes trazer em vosso puríssimo seio, aleluia!
- Ressuscitou como disse, aleluia!
- Rogai a Deus por nós, aleluia!
- Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria, aleluia!
- Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia!
Ave, Maria...
- Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.
- Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Oremos
Ó Deus, que alegrastes o mundo com a ressurreição de vosso Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, concedei-nos, vos suplicamos, que por sua Mãe, a Virgem Maria, alcancemos as alegrias da vida eterna. Pelo mesmo Cristo, nosso Senhor. Amém. 

  

4. Contemplação(Vida/ Missão)
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
Hoje quero testemunhar a fé e vivê-la com a convicção de que Jesus está vivo e convive comigo, conosco, em meu quotidiano.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

 

Ir. Patrícia Silva, fsp
irpatricias@gmail.com