domingo, 16 de junho de 2019

Jo 16,12-15 - O Espírito ensinará toda a verdade


Os três anjos que visitaram Abraão são símbolo da Trindade
Ícone ortodoxo de Anfrei Rublev



Em honra à Santíssima Trindade,  rezo,
com todos os internautas:
Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Assim, invocamos o Espírito de Verdade para rezar a Palavra:
Espírito de verdade,
a ti consagro a mente e meus pensamentos: ilumina-me.
Que eu conheça Jesus Mestre
e compreenda o seu Evangelho.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto?
Leio atentamente as palavras de Jesus em Jo 16,12-15:

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Tenho ainda muitas coisas a dizer-vos, mas não sois capazes de as compreender agora. Quando, porém, vier o Espírito da verdade, ele vos conduzirá à plena verdade. Pois ele não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido; e até as coisas futuras vos anunciará.Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e vo-lo anunciará. Tudo o que o Pai possui é meu. Por isso disse que o que ele receberá e  vos anunciará é meu”.

Refletindo
Jesus fala da missão do Espírito: ensinar toda a verdade. A verdade consiste em transmitir o que Jesus quer que ele transmita a nós.
Jesus Mestre fala do Espírito que, na verdade, não vai anunciar coisas novas, mas vai nos conduzindo, levando-nos a compreensão sempre maior e atualizada da Palavra. Fala do futuro: "vai anunciar". Isto significa, neste texto, que vai anunciar de novo até que compreendamos e assimilemos a verdade que ele quer nos comunicar.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
É preciso que eu esteja atento/a ao Espírito Santo, que me coloque na condição de discípulo/a que escuta e acolhe  a verdade que é Jesus. Assim conheço também o Pai: “Tudo o que o Pai tem é meu”..
Meditando
Disseram os bispos, na Conferência de Aparecida: “Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria.” (DAp 32).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, com toda a Igreja, em louvor da Santíssima Trindade:

Trindade Santíssima
Pai, Filho e Espírito Santo
Presente e atuante na Igreja
E na profundidade do meu ser!
Eu vos adoro, amo e agradeço.
E pelas mãos de minha Mãe Santíssima
Ofereço-me, entrego-me e consagro-me
Inteiramente a vós
Nesta vida e na eternidade.
Pai Celeste
A vós me ofereço, entrego e consagro
Como "templo vivo", para ser santificado.
Maria, mãe da Igreja e minha Mãe
Vós que estais em íntima união
Com a Santíssima Trindade
Ensinai-me a viver em comunhão
Com as três Pessoas Divinas
A fim de que a minha vida inteira
Seja um hino de glória
Ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Amém
(Pe. Tiago Alberione)

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
“Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado podemos e queremos contemplar o mundo, a história, os nossos povos.” (DAp 18). Durante o dia, vou repetir, abrindo meu coração: "em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.



Ir. Patrícia Silva, fsp
irpatricias@gmail.com