sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Mc 4,26-34 - O Reino de Deus é como uma semente de mostarda

Preparamo-nos para este momento,
fazendo com todos os internautas,
a oração ao Espírito Santo:

A Vós, Espírito de verdade,
consagro a mente, a fantasia e a memória:
iluminai-me.
Fazei-me conhecer Jesus Cristo
 e compreender o seu Evangelho.
Amém.


1. Leitura (Verdade)
Aclamamos a Palavra com a oração de Jesus:
Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, / pois revelaste os mistérios do teu Reino aos pequeninos, escondendo-os aos doutores! (Mt 11,25).

Fazemos a leitura lenta e atenta do texto da Palavra do dia: Mc 4,26-34.
Naquele tempo, 26 Jesus disse à multidão: “O reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. 27 Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece. 28 A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. 29 Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou”. 30 E Jesus continuou: “Com que mais poderemos comparar o reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? 31 O reino de Deus é como um grão de mostarda, que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. 32 Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra”. 33 Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. 34 E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo. 

Refletindo
Em um momento de silêncio, recordamos o que lemos. São duas pequenas parábolas. Uma fala do processo como se desenvolve o Reino de Deus. Exige paciência. A outra é sobre o resultado de uma pequena boa semente. Fala de esperança.

2. Meditação (Caminho)
O que a Palavra diz para nós?
O que nos dizem estas duas parábolas de Jesus Mestre? Atualizamos a Palavra, ligando-a à nossa vida.
O "Reino de Deus está perto". Dentro de nós. Como se desenvolve? Como o cultivamos? Já nos sentimos discípulo/as missionário/as? Sentimo-nos "abrigo" para outras pessoas que buscam o Reino de Deus? 
Meditando
Lembramo-nos das palavras dos bispos na Conferência de Aparecida: "No seguimento de Jesus Cristo, aprendemos e praticamos as bem-aventuranças do Reino, o estilo de vida do próprio Jesus: seu amor e obediência filial ao Pai, sua compaixão entranhável frente à dor humana, sua proximidade aos pobres e aos pequenos, sua fidelidade à missão encomendada, seu amor serviçal até a doação de sua vida. Hoje, contemplamos a Jesus Cristo tal como os Evangelhos nos transmitiram para conhecer o que Ele fez e para discernir o que nós devemos fazer nas atuais circunstâncias." (DAp 139).

3. Oração (Vida)
O que a Palavra nos leva a dizer a Deus?
Nosso coração começa a bater em sintonia com o coração de Jesus.
Vivemos este momento em silêncio. E faço o


Oferecimento do dia
Deus, nosso Pai,/eu te ofereço todo o dia de hoje:/ minhas orações e obras,/ meus pensamentos e palavras,/ minhas alegrias e sofrimentos,/ em reparação de nossas ofensas,/ em união com o Coração de teu Filho, Jesus,/ que continua a oferecer-se a ti, na Eucaristia,/ pela salvação do mundo./
Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus,/ seja meu guia e meu amparo neste dia/ para que eu possa ser testemunha do teu amor./ 
Com Maria,/ Mãe de Jesus e da Igreja,/ 
Rezo especialmente pela intenção do Santo Padre/ para este mês:/ 
para comunicar ao Mundo a alegria do Evangelho
4. Contemplação (Vida)
Qual o novo olhar que a Palavra despertou em mim?
Viverei este dia com olhar novo,"descobrindo" o Reino de Deus presente em cada situação, pessoa, dificuldade, alegria, realização, desafio, cultivando dentro de mim a paciência e a esperança.
Por todos os internautas, para todas as pessoas, rezo com o apóstolo Paulo:
"Que o Senhor realize todos os desejos que vocês têm de fazer o bem" . (2Ts 1,11).

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Irmã Patrícia Silva, fsp