domingo, 9 de dezembro de 2018

Lc 3,1-6 – Preparem o caminho.O profeta João Batista clama

Saudação
- A todos nós que nos encontramos neste ambiente virtual,
paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Jesus Mestre, que dissestes:
"Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome,
eu aí estarei no meio deles", ficai conosco, aqui reunidos, pela grande rede da internet,
para melhor meditar e comungar com a vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade: iluminai-nos, para que melhor compreendamos
as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho: fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.
Sois a Vida: transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos
abundantes de santidade e missão.
(Bv. Alberione)

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto:
Lc 3,1-6, e observo pessoas, palavras, relações, lugares.


Fazia quinze anos que Tibério era o Imperador romano. Nesse tempo Pôncio Pilatos era o governador da Judeia, Herodes governava a Galileia, o seu irmão Filipe governava a região da Ituréia e Traconites, e Lisânias era o governador de Abilene. E Anás e Caifás eram os Grandes Sacerdotes. Foi nesse tempo que a mensagem de Deus foi dada, no deserto, a João, filho de Zacarias. E João atravessou toda a região do rio Jordão, anunciando esta mensagem:
- Arrependam-se dos seus pecados e sejam batizados, que Deus perdoará vocês.
Isso aconteceu como o profeta Isaías tinha escrito no seu livro:
"Alguém está gritando no deserto:
Preparem o caminho para o Senhor passar!
Abram estradas retas para ele!
Todos os vales serão aterrados,
e todos os morros e montes
serão aplanados.
Os caminhos tortos serão endireitados,
e as estradas esburacadas
serão consertadas.
E todos verão a salvação que Deus dá."

Refletindo
João Batista é a figura de um profeta. É um profeta que prepara a vinda do Messias, anunciando por toda a região do Jordão o arrependimento dos pecados e o batismo para o perdão. A água corrente do rio tinha o simbolismo de “lavar”, “purificar”. O rito de imersão nas águas do Jordão selava o perdão de Deus. Como o profeta Isaías, a quem cita, usa um tom imperativo de exortação: “preparem o caminho”, “abram estradas retas”. Numa palavra: “mudem de vida!”.
O "deserto", região árida, de areia e pedras é descrito em Deuteronômio como "grande e terrível"  cheio de serpentes e escorpiões e era um lugar onde não se encontrava água. No entanto, na Bíblia, o deserto é uma barreira e um meio de comunicação. Perder-se no deserto é quase sinônimo de morte. De outro lado, foi no deserto que  Israel encontrou Deus pela primeira vez.  A caminhada histórica, de 40 anos, pelo deserto, representa o encontro do povo com Deus, especialmente em momentos de dificuldade.Israel carregou o sentimento de que não teria atravessado o deserto se não fosse a manifestação de Deus.(Dt 8,14ss).Jesus também passou 40 dias no deserto (Mt 4,1ss). Período de tentações. Paulo passou também pelo deserto depois de sua conversão (Gl 1,17).
"Todos os vales serão aterrados,
e todos os morros e montanhas
serão aplanados.
Os caminhos tortuosos serão endireitados",
Os vales serão aterrados. Estes "vales" simbolizam a opressão. As "montanhas", o poder político que explora. Os "caminhos tortuosos" são o bloqueio do relacionamento por meio da injustiça.
Este texto de Isaías inserido no Evangelho de Lucas simboliza a salvação de Deus que chega por meio de Jesus Cristo.
Assim, diz João: “todos verão a salvação que Deus dá”. Salvação tem o mesmo sentido de Salvador: “Todos verão o Salvador!”

2. Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim, hoje? Tenho também eu que preparar o caminho. Devo abrir estradas. Quais?
O que o texto me diz no momento?
Meditando
Os bispos, na Conferência de Aparecida, nos ajudaram a entender o sentido de conversão. Disseram: A Conversão: É a resposta inicial de quem escutou o Senhor com admiração, crê n’Ele pela ação do Espírito, decide-se ser seu amigo e ir após Ele, mudando sua forma de pensar e de viver, aceitando a cruz de Cristo, consciente de que morrer para o pecado é alcançar a vida. No Batismo e no sacramento da reconciliação se atualiza para nós a redenção de Cristo. (DAp 278,b).

3.Oração (Vida)

O que o texto me leva a dizer a Deus? Faço minha oração pessoal e depois,
rezo o Salmo 126.:
SALMO 126 (125) *

Deus transforma o sofrimento em alegria

R. Maravilhas fez conosco o Senhor. Exultemos de alegria

1*       Quando o Senhor  mudou a sorte de Sião, parecíamos sonhar:

2         a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua de canções.

Até entre as nações se comentava: «Javé foi grande com eles!»

3         Sim, o Senhor  foi grande conosco, e por isso estamos alegres.

4         Que o Senhor  mude a nossa sorte, como as torrentes do deserto.

5       Os que semeiam com lágrimas, ceifam em meio a canções.

6         Vão andando e chorando ao levar a semente.

Ao regressar, voltam cantando, trazendo seus feixes.


4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com a decisão de me converter, mudando minha forma de pensar e de viver.

Bênção 

- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. patricia Silva, fsp

patricia.silva@paulinas.com.br