sexta-feira, 28 de junho de 2019

Lc 15,3-7 Uma ovelhinha se extraviou.- Sagrado Coração de Jesus

Preparamo-nos para a Leitura Orante, invocando a Santíssima Trindade:
Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.
Rezo uma breve oração de Santo Agostinho:
Senhor, olha para mim para que eu ame a ti.
Chama-me para que eu veja a ti,
e eternamente me alegre em ti. Amém.

1. Leitura (Verdade
- O que a Palavra diz?
Tomamos um primeiro contato com a Palavra de hoje, lendo Lc 15,1-3.11-32.
Então Jesus contou esta parábola:
- Se algum de vocês tem cem ovelhas e perde uma, por acaso não vai procurá-la? Assim, deixa no campo as outras noventa e nove e vai procurar a ovelha perdida até achá-la. Quando a encontra, fica muito contente e volta com ela nos ombros. Chegando à sua casa, chama os amigos e vizinhos e diz: "Alegrem-se comigo porque achei a minha ovelha perdida."
- Pois eu lhes digo que assim também vai haver mais alegria no céu por um pecador que se arrepende dos seus pecados do que por noventa e nove pessoas boas que não precisam se arrepender.
Refletindo
A parábola da ovelhinha perdida é uma das parábolas da misericórdia. Nas três parábolas – da ovelha perdida, da moeda perdida e do filho perdido – predomina um sentimento: alegria. Jesus fala aos coletores de impostos e aos pecadores. E também aos fariseus Deus, na parábola de hoje, toma a imagem do Pastor que tudo faz pela ovelhinha que se perdeu. A ponto de deixar as outras 99 no campo. Quando encontra a que se perdeu “fica contente” e a coloca sobre os ombros. Esta atitude lembra os pais que colocam seus filhos pequenos nos ombros para que enxerguem mais que eles próprios e, em segurança. A alegria do Pastor é imensa, comunicativa, incontida, transbordante, pois chega a chamar os vizinhos para partilhar com eles a alegria. E Jesus termina a parábola dizendo que há mais alegria, mais festa no céu por um pecador que se arrepende, do que por 99 pessoas que não precisam se arrepender.

2. Meditação(Caminho)
- O que a Palavra diz para mim?
A parábola da ovelha perdida é um pouco a história de cada um de nós, em algum momento da nossa vida. Quem não se sentiu alguma vez perdido, só, distante de Deus e em perigo? 
Meditando
Em Aparecida, os bispos falaram da alegria deste encontro com Jesus Cristo, Pastor: “Desejamos que a alegria que recebemos no encontro com Jesus Cristo, a quem reconhecemos como o Filho de Deus encarnado e redentor, chegue a todos os homens e mulheres feridos pelas adversidades; desejamos que a alegria da boa nova do Reino de Deus, de Jesus Cristo vencedor do pecado e da morte, chegue a todos quantos jazem à beira do caminho, pedindo esmola e compaixão (cf. Lc 10,29-37; 18,25-43). A alegria do discípulo é antídoto frente a um mundo atemorizado pelo futuro e agoniado pela violência e pelo ódio. A alegria do discípulo não é um sentimento de bem-estar egoísta, mas uma certeza que brota da fé, que serena o coração e capacita para anunciar a boa nova do amor de Deus. Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria.” (DAp 29).

3. Oração (Vida)
O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Rezamos a
Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto: Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
eu sei eu sei seu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 22 a 30 de junho ) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
 a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk


- Graça e Paz!

4. Contemplação(Vida/ Missão)
- Qual o nosso novo olhar a partir da Palavra?
Vamos olhar o mundo, hoje, com o olhar amoroso do Pastor, sempre pronto a acolher a ovelhinha que se extraviou.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp


quarta-feira, 26 de junho de 2019

Mt 7,15-20 -Árvore boa dá bons frutos


Preparamo-nos para a Leitura Orante, 
rezando com todos os que se encontram neste espaço de oração:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Creio, Senhor Jesus, que sou parte de seu Corpo.
Trindade Santíssima
- Pai, Filho, Espírito Santo -
presente e agindo na Igreja e na profundidade do meu ser.
Eu vos adoro, amo e agradeço.
1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Lemos atentamente o texto: Mt 7,15-20, e observamos as palavras de Jesus. “É necessário aprender a orar, voltando sempre a aprender esta arte dos lábios do Mestre”.[Sínodo da Palavra].
- Cuidado com os falsos profetas! Eles chegam disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos selvagens. Vocês os conhecerão pelo que eles fazem. Os espinheiros não dão uvas, e os pés de urtiga não dão figos. Assim, toda árvore boa dá frutas boas, e a árvore que não presta dá frutas ruins. A árvore boa não pode dar frutas ruins, e a árvore que não presta não pode dar frutas boas. Toda árvore que não dá frutas boas é cortada e jogada no fogo. Portanto, vocês conhecerão os falsos profetas pelas coisas que eles fazem.
Refletindo
Na Bíblia, na história da salvação, os falsos profetas sempre foram um desafio aos fiéis. Elogiam e não denunciam, prometem falsamente a paz: são lobos vestidos de cordeiros. Quanto aos frutos das árvores, também são amplamente citados para se concluir como é feito o anúncio da Palavra: “vocês os conhecerão pelos frutos”. A árvore boa não dá frutos ruins, os espinheiros não dão uvas.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Podemos verificar se ouvimos a Palavra e a praticamos, ou se simplesmente a ouvimos..
Meditando
De Aparecida nos vem a orientação dos bispos: “Jesus nos transmitiu as palavras de seu Pai e é o Espírito que recorda à Igreja as palavras de Cristo (cf. Jo 14,26). Desde o princípio, os discípulos haviam sido formados por Jesus no Espírito Santo (cf. At 1,2) que é, na Igreja, o Mestre interior que conduz ao conhecimento da verdade total formando discípulos e missionários. Esta é a razão pela qual os seguidores de Jesus devem se deixar guiar constantemente pelo Espírito (cf. Gl 5,25), e tornar a paixão pelo Pai e pelo Reino sua própria paixão: anunciar a Boa Nova aos pobres, curar os enfermos, consolar os tristes, libertar os cativos e anunciar a todos o ano da graça do Senhor (cf. Lc 4,18-19).” (DAp 152).
O Espírito nos anima e nos conduz à verdade. Assim somos tomados pela paixão do Reino: o anúncio da Boa Nova.

3.Oração (Vida)

Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto (ou recitação): Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 22 a 30 de junho) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk


- Graça e Paz!
4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é atento aos ensinamentos de Jesus, à sua verdade e aos frutos que devo produzir hoje.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp


domingo, 23 de junho de 2019

Lc 9,18-24 – Quem sou eu para você?


Saudação
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparamo-nos para a Leitura, rezando:
Jesus Mestre, que dissestes:
"Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome,
eu aí estarei no meio deles",
ficai conosco,
aqui reunidos (pela grande rede da internet),
para melhor meditar
e comungar com a vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade:
iluminai-nos, para que melhor compreendamos
as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho:
fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.
Sois a Vida:
transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos
abundantes de santidade e missão.
(Bv. Alberione)

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Lemos atentamente o texto: Lc 9,18-24, e observamos pessoas, palavras, relações, lugares.
Certa vez Jesus estava sozinho, orando, e os discípulos chegaram perto dele. Então ele perguntou:
- Quem o povo diz que eu sou?
Eles responderam:
- Alguns dizem que o senhor é João Batista; outros, que é Elias; e outros, que é um dos profetas antigos que ressuscitou.
- E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? - perguntou Jesus.
Pedro respondeu:
- O Messias que Deus enviou.
Então Jesus proibiu os discípulos de contarem isso a qualquer pessoa. E continuou:
- O Filho do Homem terá de sofrer muito. Ele será rejeitado pelos líderes judeus, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da Lei. Será morto e, no terceiro dia, será ressuscitado.
Refletindo
Quando Jesus pergunta sobre sua identidade, devido à convivência com Ele, os discípulos já têm uma ideia formada. Ouviram tanta coisa, viram muitas outras, sentiram a presença do Mestre, conviveram com ele, pode-se dizer: “fizeram a experiência de Deus” . Não há mais dúvida. Pedro fala em nome de todos com sua forte expressão de fé: “És o Messias!” A partir disso, Jesus se faz mais íntimo: fala de seu futuro sofrimento, de sua morte e ressurreição.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para nós, hoje?
A fé em Jesus Cristo que vivemos é para ser comunicada. 
Meditando
Como dizem os bispos da América Latina:
“Desejamos que a alegria que recebemos no encontro com Jesus Cristo, a quem reconhecemos como o Filho de Deus encarnado e redentor, chegue a todos os homens e mulheres feridos pelas adversidades; desejamos que a alegria da boa nova do Reino de Deus, de Jesus Cristo vencedor do pecado e da morte, chegue a todos quantos jazem à beira do caminho, pedindo esmola e compaixão (cf. Lc 10,29-37; 18,25-43). (DAp 32).

3.Oração (Vida)
O que o texto nos leva a dizer a Deus?
Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto (ou recitação): Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei

https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 22 de junho a 30 de julho) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk

- Graça e Paz!.

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual nosso novo olhar a partir da Palavra?
Vamos olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Vamos eliminar do nosso modo de pensar e agir aquilo que não vem de Deus, que não é conforme o Projeto de Jesus Mestre. Vamos demonstrar pela vida a fé que recebemos no Batismo, que vivemos como pessoas coerentes com a fé cristã.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp


 

sábado, 22 de junho de 2019

Mt 6,24-34 - "O Pai cuida... confie!"

Preparo-me para a Leitura Orante, rezando:
Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
O amor e a paz de Deus nosso Pai,
que em Cristo nos libertou para que permanecêssemos livres,
estejam com todos nós
e nos mantenham firmes no evangelho de Jesus.
Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Mt 6,24-34, e observo as recomendações de Jesus.
- Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro; ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e também servir ao dinheiro.
- Por isso eu digo a vocês: não se preocupem com a comida e com a bebida que precisam para viver nem com a roupa que precisam para se vestir. Afinal, será que a vida não é mais importante do que a comida? E será que o corpo não é mais importante do que as roupas? Vejam os passarinhos que voam pelo céu: eles não semeiam, não colhem, nem guardam comida em depósitos. No entanto, o Pai de vocês, que está no céu, dá de comer a eles. Será que vocês não valem muito mais do que os passarinhos? E nenhum de vocês pode encompridar a sua vida, por mais que se preocupe com isso.
- E por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem as flores do campo: elas não trabalham, nem fazem roupas para si mesmas. Mas eu afirmo a vocês que nem mesmo Salomão, sendo tão rico, usava roupas tão bonitas como essas flores. É Deus quem veste a erva do campo, que hoje dá flor e amanhã desaparece, queimada no forno. Então é claro que ele vestirá também vocês, que têm uma fé tão pequena! Portanto, não fiquem preocupados, perguntando: "Onde é que vamos arranjar comida?" ou "Onde é que vamos arranjar bebida?" ou "Onde é que vamos arranjar roupas?" Pois os pagãos é que estão sempre procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso. Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas. Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades.

Refletindo
Jesus recomenda a confiança em Deus e a busca dos valores do Reino. Jesus nos ensina a sermos contemplativos na observação da natureza: as flores do campo, os passarinhos. Recomenda também a confiança em Deus para que cesse a preocupação com o alimento, o vestuário. E chega a dizer que este tipo de preocupação é de pessoas pagãs e não, de quem acredita no Pai. No final, recomenda uma ordem de valores que tem como prioridade o Reino de Deus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Quais são os valores que ocupam o primeiro lugar na minha vida? Como ajudamos na construção do Reino de Deus?
Meditando
Em Aparecida, na V Conferência, os bispos disseram que a alegria que se recebe no encontro com Cristo deve ser comunicada a todos: "Desejamos que a alegria que recebemos no encontro com Jesus Cristo, a quem reconhecemos como o Filho de Deus encarnado e redentor, chegue a todos os homens e mulheres feridos pelas adversidades; desejamos que a alegria da boa nova do Reino de Deus, de Jesus Cristo vencedor do pecado e da morte, chegue a todos quantos jazem à beira do caminho, pedindo esmola e compaixão (cf. Lc 10,29-37; 18,25-43). A alegria do discípulo é antídoto frente a um mundo atemorizado pelo futuro e agoniado pela violência e pelo ódio. A alegria do discípulo não é um sentimento de bem-estar egoísta, mas uma certeza que brota da fé, que serena o coração e capacita para anunciar a boa nova do amor de Deus. Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria." (DAp 32).

3.Oração (Vida)
O que o texto nos  leva a dizer a Deus?
Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto: Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
eu sei eu sei seu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 21  a 29 de junho) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
 a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk

- Graça e Paz!

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é de confiança em Deus.
Vou lembrar muitas vezes o convite de Jesus: "Olhe os passarinhos do céu... olhe as flores... O Pai cuida".

Bênção
A bênção do Deus de Sara, Abraão e Agar,
a bênção do Filho, nascido de Maria,
a bênção do Espírito Santo de amor,
que cuida com carinho,
qual mãe cuida da gente,
esteja sobre todos nós. Amém!
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Mt 6,19-23 – Riquezas no céu, olhos iluminados pela Palavra


Preparamo-nos para a Leitura Orante, rezando:
Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
O amor e a paz de Deus nosso Pai,
que em Cristo nos libertou para que permanecêssemos livres,
estejam com todos nós
e nos mantenham firmes no evangelho de Jesus.
Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Mt 6,19-23, e observo as recomendações de Jesus.
- Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam. Pelo contrário, ajuntem riquezas no céu, onde as traças e a ferrugem não podem destruí-las, e os ladrões não podem arrombar e roubá-las. Pois onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês.
- Os olhos são como uma luz para o corpo: quando os olhos de vocês são bons, todo o seu corpo fica cheio de luz. Porém, se os seus olhos forem maus, o seu corpo ficará cheio de escuridão. Assim, se a luz que está em você virar escuridão, como será terrível essa escuridão!
Refletindo
Jesus recomenda não ajuntar riquezas na terra, mas fazer tesouros no céu. Quer dizer, não ser egoísta, acumular enquanto outros sofrem na miséria. Uma pessoa que partilha seus bens, acumula tesouros de amor, de alegria, de bondade, vida, de relacionamento. Quando fala de olho como luz quer dizer: ter um olho simples, transparente, bondoso. Ou seja, olho que vê bem e vê o bem. Este bem ilumina toda a pessoa. A pessoa generosa é luminosa. O avarento, egoísta, mesquinho, vive às escuras.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Somos chamados a abrir caminhos, rompendo as cercas levantadas pelo poder, para que o pão seja farto na mesa de todos.
Para mim a Lei tem sentido? Que sentido? Como defendo a vida, o bem, o verdadeiro amor?
Em Aparecida, na V Conferência, os bispos disseram: "Os cristãos, como discípulos e missionários, são chamados a contemplar nos rostos sofredores de nossos irmãos, o rosto de Cristo que nos chama a servi-lo neles: "Os rostos sofredores dos pobres são rostos sofredores de Cristo". Eles desafiam o núcleo do trabalho da Igreja, da pastoral e de nossas atitudes cristãs. Tudo o que tenha relação com Cristo, tem relação com os pobres e tudo o que está relacionado com os pobres reivindica a Jesus Cristo: "Quando fizeram a um deste meus irmãos menores, fizeram a mim" (Mt 25,40). João Paulo II destacou que este texto bíblico "ilumina o mistério de Cristo". Porque em Cristo, o maior se fez menor, o forte se fez fraco, o rico se fez pobre. (DAp 393).
3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Oração 
Senhor, Deus da vida e do amor,
enviastes o vosso Filho
para nos libertar das forças da morte
e conduzir-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito!
Fazei-nos discípulos,
comprometidos com o anúncio do Evangelho.
Fazei-nos missionários,
caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs,
acolhendo a todos, sobretudo os jovens,
os afastados, os pobres, os excluídos.
Virgem Mãe Aparecida,
Intercedei junto ao vosso Filho,
para que sejamos fiéis ao nosso compromisso
de discípulos missionários . Amém!

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual nosso novo olhar a partir da Palavra?
Nosso novo olhar é o olhar  da Igreja, que diz: "A Igreja está convocada a ser "advogada da justiça e defensora dos pobres" diante das "intoleráveis desigualdades sociais e econômicas", que "clamam ao céu". (DAp 395).

Bênção
A bênção do Deus de Sara, Abraão e Agar,
a bênção do Filho, nascido de Maria,
a bênção do Espírito Santo de amor,
que cuida com carinho,
qual mãe cuida da gente,
esteja sobre todos nós. Amém!

Ir. Patricia Silva. fsp

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Lc 9,11b-17 - Banquete da vida: solenidade de Corpus Christi


Saudação
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Jesus Mestre, que dissestes:
"Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome,
eu aí estarei no meio deles",

ficai conosco,
aqui reunidos (pela grande rede da internet),
para melhor meditar
e comungar com a vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade:
iluminai-nos, para que melhor compreendamos
as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho:
fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.
Sois a Vida:
transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos
abundantes de santidade e missão.
(Bv. Alberione)

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Lemos atentamente o texto: Lc 9,11b-17.
E Jesus os recebeu, falou a respeito do Reino de Deus e curou os que precisavam ser curados.
Estava anoitecendo, e por isso os doze apóstolos foram e disseram a Jesus:
- Mande esta gente embora. Eles podem ir aos povoados e sítios que ficam por perto daqui e lá encontrarão o que comer e onde ficar, pois este lugar é deserto.
Mas Jesus respondeu:
- Deem vocês mesmos comida a eles.
Os discípulos disseram:
- Só temos cinco pães e dois peixes. O senhor quer que a gente vá comprar comida para toda esta multidão?
Estavam ali mais ou menos cinco mil homens. Jesus ordenou aos seus discípulos:
- Mandem o povo sentar-se em grupos de mais ou menos cinqüenta pessoas.
Os discípulos obedeceram e mandaram que todos se sentassem. Aí Jesus pegou os cinco pães e os dois peixes, olhou para o céu e deu graças a Deus por eles. Depois partiu os pães e os peixes e os entregou aos discípulos para que eles distribuíssem ao povo. Todos comeram e ficaram satisfeitos, e os discípulos ainda encheram doze cestos com os pedaços que sobraram.
Refletindo
O grande ensinamento de Jesus neste fato, é que não é preciso muito dinheiro, nem as duzentas moedas de prata para “comprar pão” para o povo que o acompanhava. É preciso: repartir o que se tem, reunir e organizar o povo “em grupos de cem e de cinqüenta”, entregar a Deus o que se tem – “Jesus pegou os cinco pães e os dois peixes” -, confiar em Deus, acima de tudo – “olhou para o céu” -, agradecer – “deu graças a Deus”; distribuir às pessoas. Este é o novo Reino, a nova sociedade instituída por Jesus, onde o comércio é substituído pelo dom e pelo serviço aos demais. Nesta sociedade todos são satisfeitos e ainda há sobra: “recolheram doze cestos cheios de pães e peixes”.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para nós, hoje?
Entro em diálogo com o texto. Refletimos e atualizamos. O que o texto me diz no momento?
Este texto me faz pensar em nossa sociedade onde muitos passam fome e outros têm em abundância e há tanto desperdício.
Meditando
Os bispos na Conferência de Aparecida lembraram os pobres que passam fome e outros tipos de pobreza: “Milhões de pessoas e famílias vivem na miséria e inclusive passam fome. Preocupam-nos também os dependentes das drogas, as pessoas com limitações físicas, os portadores e vítimas de enfermidades graves como a malária, a tuberculose e HIV – AIDS, que sofrem a solidão e se vêem excluídos da convivência familiar e social. Não nos esqueçamos também dos sequestrados e aqueles que são vítimas da violência, do terrorismo, de conflitos armados e da insegurança na cidade. Também os anciãos que, além de se sentirem excluídos do sistema produtivo, vêem-se muitas vezes recusados por sua família como pessoas incômodas e inúteis. Sentimos as dores, enfim, da situação desumana em que vive a grande maioria dos presos, que também necessitam de nossa presença solidária e de nossa ajuda fraterna. Uma globalização sem solidariedade afeta negativamente os setores mais pobres. Já não se trata simplesmente do fenômeno da exploração e opressão, mas de algo novo: da exclusão social. Com ela o pertencimento à sociedade na qual se vive fica afetado, pois já não se está abaixo, na periferia ou sem poder, mas se está de fora. Os excluídos não são somente “explorados”, mas “supérfluos” e “descartáveis”. (DAp 65).


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo a Oração  da Misericórdia

Senhor Jesus Cristo que nos ensinastes a
ser misericordiosos como o Pai celeste,
e nos dissestes quem vos vê, vê a Ele.

Mostrai-nos o teu rosto e seremos salvos.
O vosso olhar amoroso libertou Zaqueu e
Mateus da escravidão do dinheiro;
a adúltera e  Madalena de colocar
a felicidade apenas numa criatura;
fez Pedro chorar depois da traição,
e assegurou o Paraíso ao ladrão arrependido.

Fazei que cada um de nós considere,
como dirigida a si mesmo
as palavras que dissestes à mulher samaritana:
Se tu conhecesses o dom de Deus!

Vós sois o rosto visível do Pai invisível,
Do  Deus que manifesta sua onipotência sobretudo
com o perdão e a misericórdia.
Fazei que, a Igreja seja no mundo,
 o rosto visível de vós,
seu Senhor, ressuscitado e na glória.

Vós quisestes que os vossos ministros
fossem também eles revestidos de fraqueza,
para sentirem justa compaixão por aqueles que
estão na ignorância e no erro:

Fazei que todos os se aproximarem
de cada um deles se sintam esperados,
amados e perdoados por Deus.
Enviai o vosso Espírito e consagrai-nos a
todos com a sua unção,
para que  a
vossa Igreja possa, com renovado entusiasmo,
levar aos pobres a alegre mensagem,
proclamar aos cativos e oprimidos a libertação
e aos cegos restaurar a vista.

Nós vo-lo pedimos por intercessão de Maria,
Mãe da Misericórdia,
a vós que viveis e reinais
com o Pai e o Espírito Santo,
pelos séculos dos séculos.
Amém!

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual nosso novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus. Vou viver a solidariedade para com os que sofrem.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Sugerimos também uma Hora de Adoração Eucarística
1. Introdução
“A Visita Eucarística faz-nos ver tudo sob uma nova luz. Na Família Paulina, nasceu há mais de cinqüenta anos.Foi numa noite de adoração, quando Deus nos fez compreender que ao iniciar o novo século tínhamos que estabelecer a vida sobre a Eucaristia” (Bem-aventurado Alberione, 1952)

"Dividimos a Visita em três partes", de vinte minutos cada.

“Nada temam. Eu estou com vocês” (Jo 14,1;Mt 28,20)
- “Na primeira parte, adoramos a Jesus Verdade. Temos imensa necessidade de conhecimento, de sabedoria.
Por isso, pedimos ao Senhor o saber (verdades naturais e sobrenaturais) e o aumento da Fé.
O objetivo é conhecer a Jesus Verdade, pedindo-lhe a graça do caminho da santidade." (HM, IV, 64-66).
a)    Colocamo-nos  na presença de Deus.
b)    Fazemos uma leitura espiritual. De preferência seja do Evangelho ou das Cartas de são Paulo. Ou algum livro que ajude a meditar.
c)    Concluímos com uma oração simples, pedindo a graça de viver a Verdade, proposta por Jesus.

“ Tenham o coração arrependido” (Mc 1,15)
- "Na segunda parte honramos a Jesus Caminho. Admiramos os exemplos de Jesus e espelhamos nossa vida na dele, procurando dar-lhe a forma do Mestre" (HM, IV, 64-66).
Sugestões práticas
a)    Fazemos o exame de consciência, confrontando nossa conduta com a de Jesus.
b)    Concluimos com a oração, por exemplo, de algum mistério doloroso, do Ato de Contrição ou outra oração.

“Daqui quero iluminar” (Jo 8,12).
"Na terceira parte honramos a Jesus Vida. A Ele pedimos as graças que nos são mais necessárias. 'Pedi e recebereis'." (HM, IV, 64-66).
Sugestões práticas
a)    Pedimos as graças necessárias: dons do Espírito Santo, piedade, vivência da caridade...”
2. Faço o meu programa:

Meu nome:.............................................................
Meu horário de Visita Eucarística:................................
3. Roteiro para a Visita Eucarística
Preparação
1º Junto ao Sacrário, minha “tenda de encontro”, (Ex 33,7) acolho a Santíssima Trindade, rezando:
Em nome do Pai, do Filho e  do Espírito Santo.
Trindade  Santíssima
 - Pai, Filho, Espírito Santo -
presente e atuante na Igreja
e na profundidade do meu ser,
eu vos adoro, amo e agradeço.
Canto: Deus não está longe de cada um de nós.
Nele vivemos, nos movemos e existimos. (At 17,27b,28)
Nesta Visita a Jesus Mestre Eucarístico retribuo a Ele a Visita que me fez pela Comunhão, na Missa.
Crio em volta de mim um espaço de silêncio.
O bem-aventurado Alberione nos sugere uma postura: “sentemo-nos aos pés de Jesus Eucarístico e digamos:
Vós sois o Caminho, quero seguir vossos passos e imitar vossos exemplos.
Vós sois a Verdade: iluminai-me!
Vós sois a Vida: dai-me a vossa graça!” (ER I 132).

2º Sentindo-me membro do Corpo de Cristo (1Cor 12,27ss), acolho a todos os outros membros formando com eles uma  “comunidade orante”.

Saúdo e me uno a esta comunidade: Maria Mãe de Jesus, são Paulo, pessoas com quem convivo, todos os crentes e não crentes.

Recordo ainda, todas as realidades: “as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens e mulheres de hoje sobretudo dos pobres e de todos aqueles que sofrem, são também as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Cristo. Não há realidade alguma verdadeiramente humana que não encontre eco no seu coração”. (GS 1).
Creio, meu Deus, que estou diante de Ti.
Que me vês e escutas as minhas orações.
Tu és tão grande e tão santo: eu te adoro.
Tu me deste tudo: eu te agradeço.
Foste tão ofendido por mim:
eu te peço perdão de todo o coração.
Tu és tão misericordioso: eu te peço todas as graças
que sabes serem necessárias para mim.


Continuo a Visita Eucarística com o método Verdade, Caminho, Vida (ou da Leitura Orante)

1.             LEITURA (Verdade)
Antes da Leitura da Palavra
Jesus Mestre, creio com viva fé
que estais aqui presente, junto de mim,
para indicar-me o caminho que leva ao Pai.
Iluminai minha mente, movei meu coração,
para que a Palavra produza em mim frutos de vida.
- O que diz o texto ?
Leio, na Bíblia, o texto indicado para o dia, devagar, e atentamente. Releio. Demoro em alguma expressão mais forte. Procuro compreendê-la.
Depois da Leitura da Palavra, rezo:
Jesus Mestre,
agradeço-vos pelas luzes que me destes na Palavra.
Perdoai-me, pelos limites que me impediram de fazê-la melhor.  
Ofereço-vos a resolução que tomei
e que espero viver,pela vossa graça.
Maria, Rainha dos Apóstolos, rogai por nós!
São Paulo Apóstolo, rogai por nós!
Canto: A Palavra está perto de ti,
Em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)


2.     MEDITAÇÃO (Caminho)
-  O que a Palavra diz para mim?
Recordo outros textos bíblicos relacionados. Atualizo, trazendo o texto para hoje.
Espelho na Palavra a minha vida, a comunidade e o mundo. Faço o exame de consciência, como orienta o Bem-aventurado Alberione.
Passos para o exame de consciência:
Recordo os momentos e as situações em que percebi a presença de Deus.
Agradecimento a Deus por  todas as graças recebidas.
Exame. Examino-me desde a hora em que me despertei, a cada momento, sobre os pensamentos, palavras, ações, sentimentos.
Arrependimento. Peço perdão a Deus pelas faltas e omissões.
Proponho-me viver conforme à vontade de Deus.  
Rezo, como Moisés,  que disse:
Senhor, se gozo do teu favor, peço-te,
caminha conosco. Perdoa nossas faltas,e acolhe-nos como propriedade tua! (Nm 6,24-27)
Canto:  Até que Cristo se forme em  vós,  em mim, em ti, em nós. (Gl  4,19)

Faço, em silêncio, adoração e pedidos.
3.      ORAÇÃO (Vida)
O que o texto me faz dizer a Deus?
Faço, em silêncio, adoração e pedidos.
E peço a Jesus Mestre
Jesus Mestre, santificai minha mente
e aumentai minha fé.
Jesus, Mestre vivo na Igreja,
atraí todos à vossa escola.
Jesus Mestre, libertai-me do erro,
dos pensamentos inúteis e das trevas eternas.
Jesus Mestre, caminho entre o Pai e nós,
tudo vos ofereço e de vós tudo espero.
Jesus, caminho da santidade,
tornai-me vosso fiel seguidor.
Jesus caminho, tornai-me perfeito
como o Pai que está nos céus.
Jesus vida, vivei em mim, para que eu viva em vós.
Jesus vida, não permitais que eu me separe de vós.
Jesus vida, fazei-me viver eternamente
na alegria do vosso amor.
Jesus verdade, que eu seja luz para o mundo.
Jesus caminho, que eu seja
vossa testemunha autêntica diante dos homens.
Jesus vida, fazei que minha presença contagie a todos com o vosso amor e a vossa alegria.
Canto: Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei /
Eu sei, eu sei em quem acreditei. (2Tm 1,12)

4.   CONTEMPLAÇÃO/ MISSÃO (Vida)
- Qual o novo olhar que a Palavra despertou em mim? Assumo um compromisso.
E anoto, a cada dia,  numa pequena agenda, a síntese da oração: VERDADE (Palavra mais forte); CAMINHO (apelos,exame); VIDA (compromisso)
Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
-Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
Canto Final: Toda língua proclame “Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai “(Fl 2,11)

Irmã Patrícia Silva, fsp