domingo, 30 de junho de 2019

Mt 16,13-20 – Solenidade de São Pedro e São Paulo

Preparo-me para a Leitura Orante.
Disponho-me ao encontro com Deus, 
com toda a Igreja virtual que agora reza conosco:
Divino Espírito Santo,
amor eterno do Pai e do Filho,
eu vos adoro, louvo e amo!
Peço-vos perdão por todas as vezes que vos ofendi
em mim e no meu próximo.
Vinde, com a plenitude de vossos dons,
nas ordenações, nas consagrações e nas crismas!
Iluminai, santificai, aumentai o zelo apostólico!
Espírito de verdade,
consagro-vos a minha inteligência,
imaginação e memória. Iluminai-me!
Dai-me conhecer Jesus Cristo Mestre.
Revelai-me o sentido profundo do Evangelho
e de tudo o que ensina a santa Igreja.
(Bv. T. Alberione)

1. Leitura (Verdade)

O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto Mt 16,13-19, observando o testemunho de fé de Pedro.
Jesus foi para a região que fica perto da cidade de Cesareia de Filipe. Ali perguntou aos discípulos:
- Quem o povo diz que o Filho do Homem é?
Eles responderam:
- Alguns dizem que o senhor é João Batista; outros, que é Elias; e outros, que é Jeremias ou algum outro profeta.
- E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? - perguntou Jesus.
Simão Pedro respondeu:
- O senhor é o Messias, o Filho do Deus vivo.
Jesus afirmou:
- Simão, filho de João, você é feliz porque esta verdade não foi revelada a você por nenhum ser humano, mas veio diretamente do meu Pai, que está no céu. Portanto, eu lhe digo: você é Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e nem a morte poderá vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino do Céu; o que você proibir na terra será proibido no céu, e o que permitir na terra será permitido no céu.

Refletindo
Simão declara que Jesus é o Filho do Deus vivo. Jesus confirma, declarando a missão de Pedro, o Primado na Igreja: “Você é Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e nem a morte poderá vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino do Céu; o que você proibir na terra será proibido no céu, e o que permitir na terra será permitido no céu”. Jesus se propõe construir a Igreja que não é simplesmente um prédio, mas é uma nova comunidade. Esta comunidade ou Igreja é do domínio de Jesus. Ele diz: “construirei a minha Igreja”. E Pedro tem nela uma missão de mediação: terá “as chaves”. Terá o poder de abrir e fechar as portas, ligar e desligar, terá o poder de julgar, perdoar e proibir o que não é conforme o projeto do Reino de Jesus.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
A pergunta de Jesus é também para mim: “Quem dizem que eu sou? E você? Quem sou para você?” Estas perguntas merecem uma profunda reflexão de nossa parte e uma resposta coerente e sincera.
Meditando
 Veja que resposta bonita deram os bispos em Aparecida: “Jesus Cristo é a plenitude da revelação de Deus, um tesouro incalculável, a “pérola preciosa” (cf. Mt 13,45-46). Verbo de Deus feito carne, Caminho, Verdade e Vida dos homens e das mulheres aos quais abre um destino de plena justiça e felicidade. Ele é o único Libertador e Salvador que, com sua morte e ressurreição, rompeu as cadeias opressivas do pecado e da morte, revelando o amor misericordioso do Pai e a vocação, dignidade e destino da pessoa humana.” (DAp 6).
Portanto, para os bispos e para nós, Jesus Cristo é “a plenitude da revelação de Deus”, “um tesouro incalculável”, a “pérola preciosa”, “Verbo de Deus feito carne”, “Caminho, Verdade e Vida”, “O único Libertador e Salvador”.  E para o apóstolo Paulo, quem é Jesus Cristo? Em Filipenses, 2, 6-11 ele diz: 
"sendo  Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que está acima de todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho nos céus, na terra, e debaixo da terra, e toda a língua proclame: Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai".
É assim que o acolhemos e o proclamamos com a nossa vida?

 3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezamos a
Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto: Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
eu sei eu sei seu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos, hoje, dia 30 de junho, fazemos o último dia da novena ( do dia 22 a 30 de junho ) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
 a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk

- Graça e Paz!

4. Contemplação(Vida/ Missão)
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
- Meu novo olhar será para priorizar Deus em minha vida. Como os apóstolos, sou discípulo missionário de Jesus Cristo. Devo testemunhar e anunciar Jesus Cristo.

Bênção 

- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Irmã Patrícia Silva, fsp 

irpatricias@gmail.com


 


sábado, 29 de junho de 2019

Lc 2,41-51 - Coração que realmente ama: Imaculado Coração de Maria


Creio, meu Deus, que estou diante de ti.
Que me vês e escutas as minhas orações.
Tu és tão grande e tão santo: eu te adoro.
Tu me deste tudo: eu te agradeço.
Foste tão ofendido por mim:
eu te peço perdão de todo o coração.
Tu és tão misericordioso:
eu te peço todas as graças
que sabes serem necessárias para mim.


1. Leitura: (Verdade)
O que a Palavra diz?
Fixamos o nosso olhar em Deus, através da Palavra.
Fazemos, na Bíblia, a leitura lenta e atenta do texto: Lc 2,41-51
Todos os anos os pais de Jesus iam a Jerusalém para a Festa da Páscoa. Quando Jesus tinha doze anos, eles foram à Festa, conforme o seu costume. Depois que a Festa acabou, eles começaram a viagem de volta para casa. Mas Jesus tinha ficado em Jerusalém, e os seus pais não sabiam disso. Eles pensavam que ele estivesse no grupo de pessoas que vinha voltando e por isso viajaram o dia todo. Então começaram a procurá-lo entre os parentes e amigos. Como não o encontraram, voltaram a Jerusalém para procurá-lo. Três dias depois encontraram o menino num dos pátios do Templo, sentado no meio dos mestres da Lei, ouvindo-os e fazendo perguntas a eles. Todos os que o ouviam estavam muito admirados com a sua inteligência e com as respostas que dava. Quando os pais viram o menino, também ficaram admirados. E a sua mãe lhe disse:
- Meu filho, por que foi que você fez isso conosco? O seu pai e eu estávamos muito aflitos procurando você. Jesus respondeu:
- Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa do meu Pai? Mas eles não entenderam o que ele disse. Então Jesus voltou com os seus pais para Nazaré e continuava a ser obediente a eles. E a sua mãe guardava tudo isso no coração.
Refletindo
Em um momento de silêncio interior, recordo o que li.Este texto nos faz lembrar o que diz a Igreja sobre Maria no capítulo oitavo da Constituição Lumen Gentium:
Esta união da Mãe com o Filho, na obra da redenção, manifesta-se desde o momento em que Jesus Cristo é concebido virginalmente, até à sua morte. Primeiramente, quando Maria se dirigiu pressurosa a visitar Isabel, e esta a proclamou bem-aventurada, por ter acreditado na salvação prometida, estremecendo de alegria, a divina criança, o precursor, no seio de sua mãe (cf. Lc 1,41-45); e depois, no nascimento, quando a Mãe de Deus, cheia de alegria, mostrou aos pastores e aos magos o seu Filho primogênito, que não diminuiu, muito pelo contrário, consagrou a sua integridade virginal. (10) E também quando, ao apresentá-lo no templo ao Senhor, ofereceu o resgate dos pobres e ouviu Simeão profetizar que esse Filho havia de ser sinal de contradição e que uma espada atravessaria a alma da Mãe, para que se revelassem os pensamentos de muitos corações (cf. Lc 2, 34-35). O Menino Jesus perdido e com tanta dor procurado, encontraram-no Maria e José no templo, ocupado nas coisas de seu Pai; não entenderam a resposta que lhes deu; a Mãe, porém, guardava no seu coração e meditava sobre todas estas coisas (cf. Lc 2, 41-51). (Lumen Gentium, cap. 8, 57).

Assim entendemos que Maria é um excelente caminho para encontrar Jesus. O coração físico de Maria é símbolo de seu amor. O Coração Imaculado de Maria é a expressão de todos os seus sentimentos, afetos, e, sobretudo, de seu amor a Deus, a seu Filho e a todas as pessoas que lhe foram confiadas por Jesus agonizante, na cruz.


2. Meditação (Caminho)
O que a Palavra diz para nós? Cultivamos a devoção mariana? Como nos relacionamos com Maria? Como filho/a?
Meditando
Maria tem lugar na nossa casa, nos nossos relacionamentos, no nosso trabalho? Ela nos orienta a “fazer tudo que Jesus disser”? Em Aparecida, na V Conferência, os bispos disseram: "A máxima realização da existência cristã como um viver trinitário de “filhos no Filho” nos é dada na Virgem Maria que, através de sua fé (cf. Lc 1,450 e obediência à vontade de Deus (cf. Lc 1,38), assim como por sua constante meditação da Palavra e das ações de Jesus (cf. Lc 2,19.51), é a discípula mais perfeita do Senhor. Interlocutora do Pai em seu projeto de enviar seu verbo ao mundo para a salvação humana, com sua fé, Maria chega a ser o primeiro membro da comunidade dos crentes em Cristo, e também se faz colaboradora no renascimento espiritual dos discípulos. Sua figura de mulher livre e forte, emerge do Evangelho conscientemente orientada para o verdadeiro seguimento de Cristo. Ela viveu completamente toda a peregrinação da fé como mãe de Cristo e depois dos discípulos, sem que fosse livrada da incompreensão e da busca constante do projeto do Pai. Alcançou, dessa forma, o fato de estar ao pé da cruz em uma comunhão profunda, para entrar plenamente no mistério da Aliança." (DAp 266).

3. Oração (Vida)
Rezamos a
Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto: Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
eu sei eu sei seu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 22 a 30 de junho ) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
 a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk


- Graça e Paz!



  4. Contemplação (Vida)
Qual o novo olhar que a Palavra despertou em nós?
Passaremos o dia a olhar como Maria, um olhar que busca o Senhor e o procura até o encontrar.

Bênção

- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

  

Ir. Patrícia Silva, fsp

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Lc 15,3-7 Uma ovelhinha se extraviou.- Sagrado Coração de Jesus

Preparamo-nos para a Leitura Orante, invocando a Santíssima Trindade:
Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.
Rezo uma breve oração de Santo Agostinho:
Senhor, olha para mim para que eu ame a ti.
Chama-me para que eu veja a ti,
e eternamente me alegre em ti. Amém.

1. Leitura (Verdade
- O que a Palavra diz?
Tomamos um primeiro contato com a Palavra de hoje, lendo Lc 15,1-3.11-32.
Então Jesus contou esta parábola:
- Se algum de vocês tem cem ovelhas e perde uma, por acaso não vai procurá-la? Assim, deixa no campo as outras noventa e nove e vai procurar a ovelha perdida até achá-la. Quando a encontra, fica muito contente e volta com ela nos ombros. Chegando à sua casa, chama os amigos e vizinhos e diz: "Alegrem-se comigo porque achei a minha ovelha perdida."
- Pois eu lhes digo que assim também vai haver mais alegria no céu por um pecador que se arrepende dos seus pecados do que por noventa e nove pessoas boas que não precisam se arrepender.
Refletindo
A parábola da ovelhinha perdida é uma das parábolas da misericórdia. Nas três parábolas – da ovelha perdida, da moeda perdida e do filho perdido – predomina um sentimento: alegria. Jesus fala aos coletores de impostos e aos pecadores. E também aos fariseus Deus, na parábola de hoje, toma a imagem do Pastor que tudo faz pela ovelhinha que se perdeu. A ponto de deixar as outras 99 no campo. Quando encontra a que se perdeu “fica contente” e a coloca sobre os ombros. Esta atitude lembra os pais que colocam seus filhos pequenos nos ombros para que enxerguem mais que eles próprios e, em segurança. A alegria do Pastor é imensa, comunicativa, incontida, transbordante, pois chega a chamar os vizinhos para partilhar com eles a alegria. E Jesus termina a parábola dizendo que há mais alegria, mais festa no céu por um pecador que se arrepende, do que por 99 pessoas que não precisam se arrepender.

2. Meditação(Caminho)
- O que a Palavra diz para mim?
A parábola da ovelha perdida é um pouco a história de cada um de nós, em algum momento da nossa vida. Quem não se sentiu alguma vez perdido, só, distante de Deus e em perigo? 
Meditando
Em Aparecida, os bispos falaram da alegria deste encontro com Jesus Cristo, Pastor: “Desejamos que a alegria que recebemos no encontro com Jesus Cristo, a quem reconhecemos como o Filho de Deus encarnado e redentor, chegue a todos os homens e mulheres feridos pelas adversidades; desejamos que a alegria da boa nova do Reino de Deus, de Jesus Cristo vencedor do pecado e da morte, chegue a todos quantos jazem à beira do caminho, pedindo esmola e compaixão (cf. Lc 10,29-37; 18,25-43). A alegria do discípulo é antídoto frente a um mundo atemorizado pelo futuro e agoniado pela violência e pelo ódio. A alegria do discípulo não é um sentimento de bem-estar egoísta, mas uma certeza que brota da fé, que serena o coração e capacita para anunciar a boa nova do amor de Deus. Conhecer a Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria.” (DAp 29).

3. Oração (Vida)
O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Rezamos a
Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto: Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
eu sei eu sei seu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 22 a 30 de junho ) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
 a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk


- Graça e Paz!

4. Contemplação(Vida/ Missão)
- Qual o nosso novo olhar a partir da Palavra?
Vamos olhar o mundo, hoje, com o olhar amoroso do Pastor, sempre pronto a acolher a ovelhinha que se extraviou.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp


quinta-feira, 27 de junho de 2019

Mt 7,21-29 - Quem entra no Reino de Deus?

O homem sábio construiu a sua casa na rocha.
Preparamo-nos para a Leitura Orante, 
rezando com todos os que se encontram neste espaço virtual de oração:


Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. 

Creio, Senhor Jesus, que sou parte de seu Corpo. 

Trindade Santíssima 

- Pai, Filho, Espírito Santo - 

presente e agindo na Igreja 

e na profundidade do meu ser. 

Eu vos adoro, amo e agradeço.

1.Leitura (Verdade)
Lemos atentamente, na Bíblia, o texto Mt 7,21-29.
Não é toda pessoa que me chama de "Senhor, Senhor" que entrará no Reino do Céu, mas somente quem faz a vontade do meu Pai, que está no céu. Quando aquele dia chegar, muitas pessoas vão me dizer: "Senhor, Senhor, pelo poder do seu nome anunciamos a mensagem de Deus e pelo seu nome expulsamos demônios e fizemos muitos milagres!" Então eu direi claramente a essas pessoas: "Eu nunca conheci vocês! Afastem-se de mim, vocês que só fazem o mal!"
- Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha.
- Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída. Quando Jesus acabou de falar, as multidões estavam admiradas com a sua maneira de ensinar. Ele não era como os mestres da Lei; pelo contrário, ensinava com a autoridade dele mesmo.
Refletindo
Construir a casa significa ouvir a Palavra de Deus.
 Nos dois casos, as pessoas "ouviram a Palavra".
A diferença está em que um "vive de acordo com os ensinamentos" e outro, não.
Os símbolos rocha e areia correspondem à prática ou não da Palavra.
A chuva, as enchentes e o vento forte representam as dificuldades da vida,
que querem nos derrubar e destruir o Projeto de Deus.
Já a casa construída sobre a rocha, vence todos os obstáculos, ouve a Palavra e a vive,  e vence todos os obstáculos que o afasta dela.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para nós, hoje?
Verificamos se ouvimos a Palavra e a praticamos,ou se, simplesmente,a ouvimos. Construímos sobre a rocha ou sobre a areia?
Meditando
Os bispos, em Aparecida, disseram: "Ser discípulo é dom destinado a crescer. A iniciação cristã dá a possibilidade de uma aprendizagem gradual no conhecimento, no amor e no seguimento de Cristo. Dessa forma, ela forja a identidade cristã com as convicções fundamentais e acompanha a busca do sentido da vida. É necessário assumir a dinâmica catequética da iniciação cristã. Uma comunidade que assume a iniciação cristã renova sua vida comunitária e desperta seu caráter missionário. Isso requer novas atitudes pastorais por parte dos bispos, presbíteros, diáconos, pessoas consagradas e agentes de pastoral.
Como características do discípulo, indicadas pela iniciação cristã, destacamos: que ele tenha como centro a pessoa de Jesus Cristo, nosso Salvador e plenitude de nossa humanidade, fonte de toda maturidade humana e cristã; que tenha espírito de oração, seja amante da Palavra, pratique a confissão freqüente e participe da Eucaristia; que se insira cordialmente na comunidade eclesial e social, seja solidário no amor e fervoroso missionário
."(DAp 291, 292).


3.Oração (Vida)
O que o texto nos leva a dizer a Deus?
Rezamos a
Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto: Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
eu sei eu sei seu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 22 a 30 de junho) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
 a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk


- Graça e Paz!

4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual nosso novo olhar a partir da Palavra?
Nosso novo olhar é atento aos ensinamentos de Jesus e para vivê-los no dia-a-dia.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Irmã Patrícia Silva, fsp



quarta-feira, 26 de junho de 2019

Mt 7,15-20 -Árvore boa dá bons frutos


Preparamo-nos para a Leitura Orante, 
rezando com todos os que se encontram neste espaço de oração:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Creio, Senhor Jesus, que sou parte de seu Corpo.
Trindade Santíssima
- Pai, Filho, Espírito Santo -
presente e agindo na Igreja e na profundidade do meu ser.
Eu vos adoro, amo e agradeço.
1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Lemos atentamente o texto: Mt 7,15-20, e observamos as palavras de Jesus. “É necessário aprender a orar, voltando sempre a aprender esta arte dos lábios do Mestre”.[Sínodo da Palavra].
- Cuidado com os falsos profetas! Eles chegam disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos selvagens. Vocês os conhecerão pelo que eles fazem. Os espinheiros não dão uvas, e os pés de urtiga não dão figos. Assim, toda árvore boa dá frutas boas, e a árvore que não presta dá frutas ruins. A árvore boa não pode dar frutas ruins, e a árvore que não presta não pode dar frutas boas. Toda árvore que não dá frutas boas é cortada e jogada no fogo. Portanto, vocês conhecerão os falsos profetas pelas coisas que eles fazem.
Refletindo
Na Bíblia, na história da salvação, os falsos profetas sempre foram um desafio aos fiéis. Elogiam e não denunciam, prometem falsamente a paz: são lobos vestidos de cordeiros. Quanto aos frutos das árvores, também são amplamente citados para se concluir como é feito o anúncio da Palavra: “vocês os conhecerão pelos frutos”. A árvore boa não dá frutos ruins, os espinheiros não dão uvas.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Podemos verificar se ouvimos a Palavra e a praticamos, ou se simplesmente a ouvimos..
Meditando
De Aparecida nos vem a orientação dos bispos: “Jesus nos transmitiu as palavras de seu Pai e é o Espírito que recorda à Igreja as palavras de Cristo (cf. Jo 14,26). Desde o princípio, os discípulos haviam sido formados por Jesus no Espírito Santo (cf. At 1,2) que é, na Igreja, o Mestre interior que conduz ao conhecimento da verdade total formando discípulos e missionários. Esta é a razão pela qual os seguidores de Jesus devem se deixar guiar constantemente pelo Espírito (cf. Gl 5,25), e tornar a paixão pelo Pai e pelo Reino sua própria paixão: anunciar a Boa Nova aos pobres, curar os enfermos, consolar os tristes, libertar os cativos e anunciar a todos o ano da graça do Senhor (cf. Lc 4,18-19).” (DAp 152).
O Espírito nos anima e nos conduz à verdade. Assim somos tomados pela paixão do Reino: o anúncio da Boa Nova.

3.Oração (Vida)

Novena  a São Paulo Apóstolo

- Graça e Paz a todos! Comecemos fazendo com o apóstolo Paulo nosso ato de fé. 
(Ouvir no CD Palavras Sagradas do Apóstolo Paulo, Paulinas COMEP,
 ou ver no Youtube o vídeo no link indicado).

Canto (ou recitação): Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei (1Tm 1,12)
Eu sei, eu sei, eu sei em quem acreditei
https://www.youtube.com/watch?v=urXCXGNTWAE

Em  preparação à festa de São Paulo Apóstolo, solenidade litúrgica do martírio de São Pedro e São Paulo, que neste ano celebramos no dia 30 de junho, façamos esta novena ( do dia 22 a 30 de junho) com o desejo de que São Paulo nos dê a graça de crescermos no conhecimento e na comunicação de Jesus Cristo.

Se pudermos, acendamos  duas  velas: uma de cor verde, cor do manto de São Paulo. A cor verde representa a cor da natureza, a cor da vida, do renascimento.  Representa a vitória da vida sobre a morte. Acendamos outra vela de cor vermelha que aparece  na túnica de São Paulo. Representa o amor, o sacrifício, o martírio, a oferta da vida por causa de Jesus Cristo.. 

Canto: Aquele que vos chamou (1Ts 5,24)
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou,
É fiel, é fiel, fiel é aquele que vos chamou.
 https://www.youtube.com/watch?v=cjtFGgMreBI

- Antes de rezarmos a oração que segue, apresentemos os nossos pedidos a Deus por intercessão de São Paulo. 

( Coloque seus pedidos e intenções)
-  Agora,   Leiamos a frase do dia, nas cartas de Paulo e façamos um momento de silêncio e reflexão:
1º dia (22) -  Não nos cansemos de fazer o bem  (Gl 6,9)
2º dia (23) - É Cristo que vive em mim (Gl 2,20)
3º dia (24) Se Deus é por nós quem será contra nós?  (Rm 8,31)
4º dia (25) - Ele me amou e se entregou por mim (Gl 2,20)
5º dia (26) - Tudo posso naquele que me dá força  (Fl 4,15)
6º dia (27) - Tudo contribui para o bem daqueles  que amam a Deus (Rm 8, 28)
7º dia (28) - Se alguém está em Cristo é nova criatura  (2 Cor 5,17)
8º dia (29) - Toda língua proclame Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai (Fl 2,11)
9º dia (30) -  Até que Cristo se forme em nós  (Gl  4,19)

Canto: A Palavra está perto de ti, em tua boca, em teu coração. (Rm 10,8)
 https://www.youtube.com/watch?v=mRX_w1-Ld20

- Agora, podemos lembrar e dizer uma característica que admiramos em São Paulo. 

Oração:  
Ó São Paulo, mestre dos gentios,
olhai com amor para a nossa Pátria!
Vosso coração dilatou-se
 para acolher a todos os povos no abraço da paz.
Agora, no céu, o amor de Cristo vos leve a iluminar
a todos com a luz do Evangelho 
e a estabelecer no mundo o Reino do amor.
Suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, 
preparai as pessoas para que acolham o Cristo, divino Mestre.
Que o nosso povo encontre e reconheça sempre a Cristo, 
como o Caminho, a Verdade e a Vida; 
busque o Reino de Deus e trabalhe em sua realização, 
para que a sua luz resplandeça diante do mundo, 
iluminai, animai e abençoai a todos! 
Amém.

São Paulo apóstolo, rogai por nós!

Canto:  Por tudo dai graças  (1Ts 5,18 )
https://www.youtube.com/watch?v=lqAenXfoZyk


- Graça e Paz!
4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é atento aos ensinamentos de Jesus, à sua verdade e aos frutos que devo produzir hoje.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Patrícia Silva, fsp