sexta-feira, 3 de maio de 2019

Jo 14,6-14 - "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida"



Preparamo-nos para a Leitura Orante com todas as pessoas que se reúnem em torno da Palavra de Deus, rezando:
Espírito de amor, dai-nos o dom do
vosso santo temor,
para que, conscientes de
nossas fragilidades,
reconheçamos a força de vossa graça.
Vinde, Espírito Santo, E dai-nos um novo coração. Amém


1. Leitura (Verdade) - Tomemos a Palavra
O que nos diz o texto do dia?
Lemos atentamente o texto: Jo 14,6-14.

Jesus disse a Tomé: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim. Se  me conhecesses, conhecerias também o meu Pai. E desde agora o conheces e o viste”. Disse Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai, isso nos basta!” Jesus respondeu: “Há tanto tempo estou convosco e não me conheces, Filipe? Quem me viu, viu o Pai. Como é que tu dizes: ‘Mostra-nos o Pai’? Não acreditas que eu estou no Pai e o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo, mas é o Pai que, permanecendo em mim, realiza as suas obras. Acreditai-me, eu estou no Pai, e o Pai está em mim. Acreditai, ao menos, por causa dessas mesmas obras. Em verdade, em verdade vos digo, quem acredita em mim fará as obras que eu faço e fará ainda maiores do que estas, pois eu vou para o Pai. E o que pedirdes em meu nome, eu o realizarei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes algo em meu nome, eu o realizarei”

Refletindo
Tomé queria conhecer melhor Jesus e lhe pede que lhe ensine o caminho. Jesus lhe faz a magnifica revelação: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim. Se me conhecêsseis, conheceríeis também o Pai"
Filipe, por sua vez,  queria ver o Pai. Para ele Jesus é mais claro ainda: "Quem me vê. vê o Pai". Era difícil  para os apóstolos ver, enxergar . Mesmo Jesus lhes dizendo que as obras que realiza é o Pai que as realiza.   E Jesus, finaliza este texto, garantindo que toda coisa boa que pedirmos, em nome dele, ele vai atender.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para nós, hoje? É Deus, o Pai que age em nós? Deixo que ele nos conduza? 
Meditando
Neste momento é bom recordar o que disseram os bispos, em Aparecida: “A admiração pela pessoa de Jesus, seu chamado e seu olhar de amor despertam uma resposta consciente e livre desde o mais íntimo do coração do discípulo, uma adesão de toda sua pessoa ao saber que Cristo o chama por seu nome (cf. Jo 10,3). É um “sim” que compromete radicalmente a liberdade do discípulo a se entregar a Jesus, Caminho, Verdade e Vida (cf. Jo 14,6). É uma resposta de amor a quem o amou primeiro “até o extremo” (cf. Jo 13,1). A resposta do discípulo amadurece neste amor de Jesus: “Te seguirei por onde quer que vás” (Lc 9,57). (DAp 136).

3.Oração (Vida) O que vamos dizer a Deus neste momento?
O que o texto nos leva a dizer a Deus?
Rezemos com o Salmo 18:
Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.
  1. Os céus proclamam a glória do Senhor, / e o firmamento, a obra de suas mãos; / o dia ao dia transmite esta mensagem, / a noite à noite publica esta notícia. – R.
  2. Não são discursos nem frases ou palavras, / nem são vozes que possam ser ouvidas; / seu som ressoa e se espalha em toda a terra, / chega aos confins do universo a sua voz. – R.
  4.Contemplação (Vida e Missão)  O que levamos na mente e no coração para a vida?
Qual  nosso novo olhar a partir da Palavra?
Nosso novo olhar é de filho/a que, como vivia e dizia um santo: “vive em Deus e comunica Deus”.
Frase do dia: "Quem crê em mim fará as obras que eu faço e fará ainda maiores" .

Bênção- Finalizemos com a bênção bíblica
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


A Palavra do Senhor que viemos partilhar tem poder libertador


Ir. Patrícia Silva, fsp